Moro vazou perguntas que foram feitas a Lula no Jornal Nacional

Sergio Moro vazou perguntas que foram feitas a Lula no Jornal Nacional

O ex-juiz Sergio Moro, candidato ao Senado pelo União Brasil pelo Paraná, pelo Twitter, vazou nesta quinta-feira (25/08) as perguntas que a bancada do Jornal Nacional fez ao ex-presidente Lula (PT).

– Espero que Lula seja perguntado com firmeza no Jornal Nacional sobre Mensalão, Petrolão, triplex e Atibaia – estabeleceu Moro. “Se precisarem de ajuda, sou voluntário. Tenho experiência“, antecipou o ex-juiz. Bingo!

O ex-presidente Lula foi entrevistado pela bancada do JN, formado pelos jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos, cuja sabatina durou 40 minutos. Eles começaram a atração com perguntas sobre “corrupção” nos governos do PT.

Na época da Lava Jato, o então juiz Sergio Moro era considerado como “pauteiro” na TV Globo e nos jornalões da velha mídia corporativa. Os releases da operação eram publicados na íntegra sem nenhuma modificação ou quesetinamentos.

Segundo o PT, era Moro quem vazava informações à emissora carioca visando criminalizar o partido e prender o ex-presidente Lula nas vésperas das eleições de 2018. Na época, o petista liderava as pesquisas de intenção de votos. No entanto, com sua prisão ilegal, venceu o atual presidente cessante Jair Bolsonaro (PL).

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), antes do “jantar”, havia reagido nas redes sociais, fazendo coro com milhares de internautas.

– Realmente, Sergio Moro tem muita experiência em mentir, condenar sem provas, prender sem motivo e burlar a lei. Será muito bom ele ouvir as verdades de Lula – rebateu a dirigente petista.

Sergio Moro terá uma eleição difícil no Paraná, praticamente improvável, segundo o último levantamento do Ipec/Globo.

O senador Alvaro Dias (PODE) lidera a disputa pela única vaga por 35% a 24%, assegura a pesquisa Ipec.

O ex-procurador Deltan Dallagnol, apesar de receber elogios de Moro, está filiado ao Podemos – partido de Alvaro – o que sinaliza dificuldade extrema para a eleição do ex-juiz. [Ele não conseguiu nem o apoio de seu colega de peripécias na Lava Jato.]

Talvez a TV Globo deva considerar um emprego de entrevistador para Sergio Moro, após as eleições de outubro.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.

LEIA TAMBÉM