Goleador e decisivo, Pedro Raul supera Cano em levantamento de pontos conquistados | Futebol | O Globo
PUBLICIDADE

Por Breno Angrisani e Marcello Neves — Rio de Janeiro

Cano e Pedro Raul disputam a artilharia do campeonato Reprodução/Instagram e Marcelo Gonçalves/Fluminense FC

Historicamente, o Campeonato Brasileiro é marcado por disputas acirradas pela artilharia. Neste ano não tem sido diferente, com seis jogadores brigando a cada rodada pelo posto de goleador máximo da competição: Germán Cano, Pedro Raul, Jonathan Calleri, Guilherme Bissoli, Steven Mendoza e Marcos Leonardo. Nessa disputa particular, cada um ajuda seu time a somar importantes pontos na tabela. Mas quem, de fato, está sendo mais decisivo?

O GLOBO analisou os gols marcados pelo sexteto para definir quantos pontos cada um já somou diretamente para o seu clube. Foram contabilizados apenas gols que alteraram o placar na forma de desempate: um ponto para os tentos que fizeram o clube sair de uma situação de derrota para de empate; dois pontos para situações de empate para vitória; e três em tentos que mudaram a partida de derrota para vitória. Desta forma, não foram contados aqueles gols que não causam alterações importantes no placar, seja complementando uma vitória definida ou descontando uma derrota que não pode ser evitada.

Neste levantamento, o artilheiro do Brasileiro não fica na ponta. Apesar dos 12 gols marcados com o Fluminense, Germán Cano é superado por Pedro Raul, que tem 11, neste quesito. Em 11º lugar, com 25 pontos, o Goiás seria o lanterna, com apenas 12 pontos, sem os gols de Pedro Raul.

Os goleadores que mais garantem pontos para seus clubes no Brasileirão — Foto: Editoria de Artes

Curiosamente, chama a atenção o fato do centroavante se destacar por ser decisivo diante de adversários direto do clube goiano na luta contra o rebaixamento. Foi importante para a soma de pontos esmeraldinos contra Fortaleza, Ceará, Cuiabá, Coritiba e Botafogo. Além de tirar pontos do Palmeiras, líder e principal candidato ao título.

Cano aparece em segundo como mais decisivo. Com o atacante argentino, o Fluminense está em terceiro lugar, com 35 pontos conquistados; sem os gols dele estaria com 23 pontos e na distante 14ª posição. Se há vida na briga pelo título, muito se deve a ele.

CANO E AS VITÓRIAS

Além disso, se Pedro Raul é destaque em muitos empates do Goiás, Cano é decisivo para diversas vitórias do Fluminense. Foi assim diante de Athletico, Atlético-MG, Ceará, Goiás e Bragantino.

Na terceira colocação de artilheiros decisivos do Brasileiro está um nome pouco cotado no início do torneio: Guilherme Bissoli, do Avaí. Os catarinenses lutam contra o rebaixamento e estão em 16º com 21 pontos. A situação seria bem pior sem os nove gols do atacante: o time teria apenas 11 pontos e estaria na lanterna da competição. Bissoli pertence ao Athletico-PR e está emprestado ao Avaí até o fim da temporada.

O argentino Jonathan Calleri tem um gol a mais do que Bissoli, mas tem sido até o momento menos decisivo para o São Paulo do que o atacante do clube catarinense. Seus dez gols garantiram oito pontos para o tricolor paulista.

Empatados com oito gols na tabela de artilheiros, Marcos Leonardo e Mendoza têm contribuições bem diferentes por enquanto para as campanhas de seus clubes. O colombiano foi responsável direto por oito dos 24 pontos — um terço, portanto —do Ceará, que estaria afundado no Z4 sem seus gols.

Já Marcos Leonardo, um dos jovens talentos do Brasileirão e já na mira de gigantes europeus como o Liverpool, contribuiu diretamente em apenas quatro dos 27 pontos conquistados pelo Santos. Ele somou pontos diretos para o Peixe apenas diante de Athletico-PR, Juventude e Fluminense, na última rodada.

Mais do Globo
Ivete Sangalo, Léo Santana, Luísa Sonza e Jão são outras atrações anunciadas no lançamento do evento, que volta ao calendário da cidade após jejum de dois anos
Com seis convocados e dois suspensos, rubro-negro caiu de rendimento no segundo tempo; tropeço custou presença no G4
Em jantar, petista reconheceu que aliado "está numa encalacrada": "Não sei o que vai acontecer na Argentina"
Celulares dobráveis e smartwatches estão entre os destaques da marca
Bastou ter um gramado onde a bola rolasse como deveria para perceber o tamanho da diferença técnica entre as equipes
Relatório da ONG Global Witness contou 1.733 assassinatos no mundo motivados por disputas fundiárias ou ambientais, sendo 342 em solo brasileiro
O pagamento inicial médio para a maioria dos funcionários da linha de frente em armazenamento e transporte será de mais de US$ 19
Atriz e diretora conta que teve problemas de visão e de cognição por conta do vírus Epstein-Barr e que controla sintomas com alimentação
Candidato a vice na chapa do petista afirmou que assunto deve ser tratado pelo Congresso Nacional, mas disse não acreditar em mudança da lei atual