Família de menino com câncer que luta por tratamento fora do país agradece apoio de Virgínia, Jorge e Mateus e outros famosos | Goiás | G1

Por Danielle Oliveira, g1 Goiás


Menino com câncer e pai dele agradecem apoio em campanha para tratamento fora do país

Menino com câncer e pai dele agradecem apoio em campanha para tratamento fora do país

A família de Jean Lucas Paes Leme Jubé, de 9 anos, que luta para conseguir um tratamento para o menino fora do Brasil, agradeceu o apoio de famosos, como a influenciadora Virgínia Fonseca e a dupla Jorge e Mateus, que se mobilizaram para ajudá-lo. Ele tem um câncer chamado Linfoma de Burkitt, considerado agressivo, e os médicos disseram que o tratamento necessário, chamado de Car-T Cell, não é viável no Brasil.

“O Jean Lucas está movendo montanhas. Ele é um garoto muito especial, carismático. Eu, como pai, fico realmente maravilhado”, disse o pai, Silvio Eurico Paes Lemes Júnior.

Em um vídeo, o pequeno Jean agradece à Virgínia por ter compartilhado o caso dele e diz que é fã dela (veja acima). Em seguida, o pai dele aparece na gravação agradecendo todo o apoio recebido.

Silvio conta que estão correndo contra o tempo para conseguir a terapia e também o dinheiro necessário antes que o tumor se espalhe ainda mais. Apesar da urgência, o pai falou que "enquanto tiver 1% de chance", ele terá "100% de fé”.

LEIA TAMBÉM:

Família de menino com câncer que luta por tratamento fora do país agradece apoio de Virgínia, Jorge e Mateus e outros famosos: 'Movendo montanhas' — Foto: Montagem/g1 Reprodução/Redes sociais

Foi criada uma campanha online chamada “Ainda há tempo, Jean Lucas precisa de nós!” e alguns famosos se sensibilizaram com a história. A meta é conseguir R$ 2 milhões. Virgínia fez vários posts neste domingo (18), mobilizando seus seguidores para ajudar o garoto.

“Não consigo mensurar a dor da família, mas fé em Deus que ele vai sair dessa”, escreveu Virgínia.

A dupla Jorge e Mateus gravou um vídeo pedindo ajuda à família (veja abaixo). O ex-jogador de futsal Falcão enviou uma camiseta autografada para Jean.

Família de menino de 9 anos com câncer luta por tratamento nos EUA

Família de menino de 9 anos com câncer luta por tratamento nos EUA

Os cantores sertanejos Zé Felipe, Rodolffo, da dupla com Israel, e Humberto, da dupla com Ronaldo, também entraram na campanha.

“Galera, passando aqui para falar para vocês: vamos ajudar o Jean Lucas, ele descobriu um câncer raríssimo e precisa fazer um tratamento nos Estados Unidos para ficar zero, para sarar, para ficar maravilhoso”, disse Zé Felipe.

Influenciadoras, como Poliana Rocha, esposa do cantor Leonardo e Thays Jubé, também postaram vídeos pedindo ajuda para o garoto.

“Quem puder ajudar, vou ficar com o coração extremamente agradecido. É um menino que está na luta pela vida e comoveu toda a nossa família", disse Poliana, mulher de Leonardo.

Jean Lucas Paes Leme Jubé ganhou camiseta do ex-jogador Falcão - Goiás — Foto: Silvio Júnior/Arquivo Pessoal

Descoberta do câncer

No dia 21 de março deste ano, Jean começou a passar mal, vomitando e com dores no abdômen. Foram a um hospital em Goiânia, onde foi internado. Ele passou por uma série de exames e uma cirurgia de biópsia. Dois dias depois, o diagnóstico de câncer foi confirmado. A doença estava espalhada pelo intestino, baço e bexiga.

A família, no entanto, não tinha, com precisão, que tipo de tumor ele tinha. Eles foram, então, para Barretos, interior de São Paulo, em busca de um hospital de referência para continuar o diagnóstico.

Jean Lucas Paes Leme Jubé com os pais e o irmão, em Goiânia, Goiás — Foto: Silvio Júnior/Arquivo Pessoal

Ele foi internado na unidade no dia 28 de março e passou por uma nova cirurgia para biopsia e retirada de fezes que estavam no intestino e colocação de uma bolsa colostomia. Após essa cirurgia, foi confirmado o tipo do câncer.

“Os médicos falaram que é um câncer que a quantidade de célula dobra a cada 24 horas. Ele ficou internado 56 dias, 30 deles na UTI. Ele começou a fazer a quimioterapia ainda na UTI”, contou o pai.

Desde então, Jean fez cinco sessões de quimioterapia convencional. Como não houve redução do tumor, foram feitas mais duas quimioterapias chamadas de resgate. Silvio explicou que o câncer do filho parou de crescer momentaneamente, mas não foi destruído.

“Ele não pode fazer mais quimioterapia porque a toxidade dela começaria a destruir outros órgãos. E os médicos disseram que tem cerca de 30 dias até o câncer voltar a crescer novamente”, contou.

Jean Lucas Paes Leme Jubé com os pais e o irmão, em Goiânia, Goiás — Foto: Silvio Júnior/Arquivo Pessoal

Campanha

Os médicos sugeriram à família a terapia com células Car-T, considerado um dos tratamentos mais avançados no combate ao câncer. O processo modifica em laboratório as células de defesa do paciente de forma que elas aprendam a eliminar a doença. Depois, são recolocadas no organismo, combatendo naturalmente o tumor.

Esse tipo de tratamento está em fase inicial no país, o que não garante a rapidez necessária que Jean precisa para conseguir se curar.

Silvio estima que precisará de R$ 2 milhões para que o filho faça o tratamento nos Estados Unidos. Os médicos estimam que ele precisará de acompanhamento até os 16 anos.

“Colocamos nosso carro à venda, nosso apartamento. Estamos fazendo uma vaquinha online, uma pessoa doou a moto dele para rifar. Espero um dia pode retribuir toda essa ajuda”, completou Silvio.

Veja outras notícias da região no g1 Goiás.

Jean Lucas Paes Leme Jubé durante tratamento contra o câncer - Goiás — Foto: Silvio Júnior/Arquivo Pessoal

Jean Lucas Paes Leme Jubé com os pais e o irmão, em Goiânia, Goiás — Foto: Silvio Júnior/Arquivo Pessoal

VÍDEOS: últimas notícias de Goiás

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!
Mais do G1