Londres: dicas de onde ficar, onde comer e os passeios imperdíveis
londres vista do alto

Guia de Londres

Londres

Na hierarquia das grandes cidades do planeta, Londres é a mais pop. É a cidade que Nova York reverencia, e que Paris respeita. Talvez seja o lugar que mais ‘conhecemos’ antes mesmo de chegar.

Chegando em Londres, reconhecemos a vista do alto da London Eye, e ver a Tower Bridge pela primeira vez dá uma emoçãozinha na gente. Os carros trafegando “do lado contrário”, as pessoas apressadas no metrô — a Londres que a gente imaginava é mesmo como Londres é.

Mas, ainda assim, há muito por descobrir.

O que esperar de Londres

torre de londres e tower bridge

Do passado, aprender sobre a Londres de quase 10 séculos atrás, na surpreendente Torre de Londres.

Do presente, encontrar uma Londres que fala mais de 300 línguas, e que tem mercados de rua que são um exemplo dessa pluralidade. A metrópole mais tradicional do mundo é também a mais diversa de todas.

Diversifique sua experiência também. Aproveite os extraordinários museus (gratuitos!), mas não perca de vista a street art de Shoreditch. Assista a um musical no West End (menos caros que na Broadway!), e também pare para escutar os músicos nas estações de metrô.

O fish & chips do almoço pode muito bem ser sucedido por um curry no jantar (ambos já podem ser considerado pratos típicos locais).

E fique atento a qualquer novidade que passar pelo seu caminho. Vai por mim: o que é novo em Londres hoje será pop no mundo inteiro amanhã.

Londres: quando ir

columbia road flower market

Para escapar da chuva em Londres… só viajando para outro destino. Não que o tempo seja ruim todos os dias — é que não existe uma época do ano que seja muito mais seca do que as outras.

E se pode chover em qualquer estação, use outros critérios de desempate para decidir quando ir a Londres.

Londres no inverno

O inverno em Londres não chega a ser congelante — pode nevar, mas as médias de temperatura no período se mantêm positivas. O pior da estação são mesmo os dias curtos. O sol se põe às 16h, e só amanhece lá pelas 8h.

O melhor do inverno? Atrações com menos filas e museus mais vazios (ou menos cheios, em se tratando de Londres).

  • Janeiro é o mês mais frio do ano, com temperaturas entre 3°C e 8°C.
  • Fevereiro também é frio, com temperaturas entre 3° e 9°C.
  • Março vê temperaturas chegarem aos dois dígitos: mínima de 4°C, máxima de 12°C.

Londres na primavera

O horário de ‘verão’ começa no finalzinho de março, e aproveitar Londres ao ar livre vai ficando cada vez mais prazeroso com o avançar da primavera. As fachadas e os parques cheios de flores deixam a cidade ainda mais bonita.

Se você vier na Páscoa, é bom avisar: as escolas entram em recesso, e as atrações ficam com bastante fila. A cidade também enche durante a Maratona de Londres, mas é um evento divertido de acompanhar.

  • Abril tem temperaturas entre 6°C e 16°C.
  • Maio registra variação de 9°C e 18°C.
  • Junho já tem clima de quase verão: mínima de 12°C, máxima de 21°C.

Londres no verão

Filas, metrô sem ar-condicionado e tarifas mais caras de hospedagem: o verão em Londres tem vários poréns. Mas é também o momento em que a cidade está mais animada, com uma agenda cultural cheia de eventos ao ar livre.

É a época dos festivais de música, da Pride (Parada do Orgulho Gay, no início de julho) e do carnaval caribenho de Notting Hill (em 2020, dia 23 de agosto).

  • Julho é o mês mais quente, com temperaturas entre 14°C e 24°C — ondas de calor, porém, podem levar a picos de 30°C.
  • Agosto traz temperaturas entre 14°C e 22°C.
  • Setembro já tem mínima de 11°C, com máxima ainda em 20°C.

Londres no outono

Terminado o fervo de verão, Londres desacelera, mas nem tanto. O horário de ‘verão’ termina no final de outubro. As horas de luz diminuem, dando a sensação de dias mais curtos, e as temperaturas vão ficando rapidamente invernais.

No início de novembro já começam as festividades de fim de ano, com vitrines decoradas, rinques de patinação no gelo e mercados de Natal.

  • Outubro tem mínima de 9°C e máxima de 16°C.
  • Novembro registra temperaturas entre 6°C e 12°C.
  • Dezembro é gelado, com mínima de 3°C e máxima de 9°C

Julho x janeiro?

Se você só pode viajar durante as férias escolares, precisa escolher entre duas Londres bem diferentes.

Indo a Londres em janeiro, você vai querer passar a maior parte do tempo em ambientes fechados: museus, teatros, pubs, e até no seu próprio hotel (que vai ser mais bem preparado para o inverno do que para o verão, ao menos). Os dias escuros podem ser um pouco deprê.

Indo a Londres em julho, você vai aproveitar mais a cidade ao ar livre, em parques, mercados e eventos de verão. As atrações vão estar muito mais cheias, e você vai precisar de mais planejamento para não gastar as férias em filas.

O clima vai ser quase de festa. Escolhendo o meio do ano, confira se o seu hotel tem ar condicionado — os mais em conta podem não oferecer esta comodidade.

Querendo seguir viagem pela Inglaterra ou pelo Reino Unido, combinando Londres com Dublin, Edimburgo ou Highlands, não tenha dúvidas: vá em julho.

Natal e Réveillon em Londres

O Natal é uma época complicada para turistar em Londres. Nos dias 24, 25 e 26 de dezembro (Boxing Day) a maioria das atrações e museus fecha. No dia 25 de dezembro, não há circulação de transporte público (para ir e vir dos aeroportos, marque um trânsfer ou agende um minicab).

Para aproveitar o clima natalino, chegue antes do Natal.

O Ano Novo em Londres tem queima de fogos na London Eye, com acesso pago. As entradas são vendidas pelo site da prefeitura já em setembro.

É preciso ter paciência para as multidões nas ruas, resistência ao frio, e pique para eventualmente voltar a pé para o hotel, já que os transportes têm operação reduzida.

Que roupa eu levo?

camden market loja collectif

A sua mala para o inverno de Londres deve ter peças que componham camadas, para que você não passe frio na rua, nem calor em ambientes fechados.

Leve roupas térmicas (calça, blusa e meias) para usar como segunda pele. Blusas de manga comprida e calças fazem a segunda camada. Suéteres e um casaco impermeável tipo ‘bonequinho Michelin’ vão por cima (escolha um modelo mais comprido, até o meio das coxas).

Para os pés, botas impermeáveis e antiderrapantes. Como acessórios, luvas, gorro e cachecol — e um guarda-chuva.

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

    Para o outono ou a primavera, prepare uma mala mais parecida com a de inverno do que com a de verão. O casaco impermeável pode ser mais curto; as botas podem ser substituídas por sapatos fechados; meias térmicas e gorro talvez não sejam necessários.

    De resto, é bem provável que você continue precisando se abrigar bem para caminhar na rua, especialmente à noite, ou quando o dia estiver chuvoso.

    Para sua mala de verão em Londres, bermudas e camisetas são bem-vindas, mas não deixe de levar calças compridas, suéteres, jaqueta e echarpe. Uma capa de chuva levinha é uma boa, também.

    533 comentários

    Olá! Vou para Londres em Janeiro e estou planejando 5 dias em Londres e 5 em Edimburgo. Acha viável? Vi que tem mais desvantagens nesse mês devido ao frio, porém tem passeios nas Highlands nesse período?

    Oie!! Gostaria de tirar duas dúvidas, se puderem me ajudar. Eu não achei por aqui o passeio com visita guiada para o Buckingham. Todos os lugares que vejo são de sites que oferecem a visita..vocês já fizeram essa visita? vale a pena comprar diretamente no site? E uma outra dúvida é com relação a Downton Abbey..vi que em outubro (quando eu vou) terá um evento especial do dia D, e eu gostaria de ir com a minha mãe. Mas não achei passeios guiados para lá..acham ser possível ir por conta? DEsculpe as mil perguntas, mas sempre busco informação aqui no site, vocês são mto mto bons e eu adoro a forma como compartilham tudo! Obrigada!

    Olá boia!

    Passarei alguns dias em Londres agora em julho de 2024. Mas de lá irei para a Cornuália, um condado no extremo sudoeste da ilha, distante 4 horas e meia de trem de Londres. Vocês sabem se eu consigo pagar o taxi nessas cidades do interior utilizando cartões de débito ou crédito internacionais? E quanto ao Uber? Eu consigo orçar uma corrida naquela região (a plataforma da Uber chega a dar opções de tipos de Uber e os preços de cada corrida). Mas a recepcionista do hotel me informou que não existe Uber na região. Será que só encontramos Uber em Londres?

      Olá, Gustavo! Em Londres sim tem Uber. Nunca fomos à Cornualha, mas provavelente os táxis aceitem cartão sim.

    Boia, vi no site do London Pass que agora existem as atrações London Eye e Madame Tussauds, entre outras atrações. Somando uma série de locais de maneira individual, cheguei ao valor de 317 libras por pessoa. No London Pass, o valor fica em torno de 184 libras para 4 dias, por exemplo, e ainda menos por menos dias. Pensando assim, vale a pena, certo?

      Olá, Guilherme! Depende de você ter tempo para ir a todas essas atrações, em detrimento dos inúmeros museus gratuitos e outros passeios disponíveis em Londres.

    Você acha válido comprar o The London Pass?

    Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.

    Assine a newsletter
    e imprima o conteúdo

    Serviço gratuito