Sarah Chatto – Wikipédia, a enciclopédia livre Saltar para o conteúdo

Sarah Chatto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sarah Chatto
Lady Sarah Chatto
Nascimento 1 de maio de 1964 (60 anos)
  Palácio de Kensington
Nome completo Sarah Frances Elizabeth Chatto
Cônjuge Daniel Chatto
Descendência Samuel
Arthur
Casa Windsor
Pai Antony Armstrong-Jones
Mãe Margarida, Condessa de Snowdon
Religião Anglicanismo

Lady Sarah Chatto, nascida Sarah Frances Elizabeth Armstrong-Jones (Londres, 1 de maio de 1964) é um membro da família real britânica. É a única filha da falecida princesa Margarida, Condessa de Snowdon, a segunda filha do rei Jorge VI e da rainha Isabel Bowes-Lyon. Ela ocupa o vigésimo sétimo lugar na linha de sucessão ao trono britânico. E ao nascer, era a sétima. Sarah é a única sobrinha da rainha Isabel II. Ela e sua prima, Ana, Princesa Real, foram as únicas netas da rainha-mãe.

Apesar de não cumprir deveres públicos, Sarah frequenta eventos e cerimónias com a família real.

Primeiros anos e educação[editar | editar código-fonte]

Sarah nasceu em 1 de maio de 1964 no Palácio de Kensington, em Londres.[1] Foi batizada na capela privada do Palácio de Buckingham em 13 de julho de 1964. Tem um irmão mais velho, David Armstrong-Jones, duas meias-irmãs e um meio-irmão do lado do pai: Polly Fry (n. 1960), Lady Frances Armstrong-Jones (n. 1979) e Jasper Cable-Alexander (n. 1998).[2][3]

Sarah é madrinha do príncipe Harry, Duque de Sussex, de Lady Rose Gilman e de Lady Louise. [4][5]

Sarah e o seu irmão mais velho, David, cresceram no berçário do Apartamento 10 do Palácio de Kensignton. Foram criados com uma ama chamada Verona Sumner, apesar de os seus pais se terem envolvido bastante (para a época) na educação dos filhos.[6]

O casamento dos seus pais foi turbulento: o casal separou-se formalmente quando Sarah tinha 12 anos e divorciou-se quando ela tinha 14. Ela e o irmão passavam os fins de semana em Nymans ou no Royal Lodge, dependendo do progenitor com quem o passavam. Eles passavam férias em Sandringham ou em Balmoral, onde Sarah pintava bastante.[6]

Sarah foi menina das flores no casamento do seu primo, Carlos, Príncipe de Gales com Lady Diana Spencer. Ela acompanhou a mãe e o irmão numa visita oficial à China e a Hong Kong em maio de 1987.[6]

Sarah terminou os seus estudos na Bedales School uma única nota A em Arte.[6] Depois, ingressou na Camberwell School of Art e estudou Arte na Academis Real Inglesa. Posteriormente, passou dois anos na Índia com o seu pai onde ele estava a fotografar os bastidores do filme A Passage to India. O produtor do filme, o seu parente John Knatchbull, ofereceu-lhe um emprego como estagiária no departamento de guarda-roupa.[6] Quando regressou à Inglaterra, Sarah ingressou num curso de dois anos de design de têxteis e tecidos no Middlesex Polytechnic.[7]

Vida profissional[editar | editar código-fonte]

Sarah é pintora e exibe as suas obras na The Redfern Gallery desde 1995. Profissionalmente, ela usa o nome Sarah Armstrong-Jones. O seu trabalho já lhe valeu os prémios Winsor & Newton Prize em 1998 e o Creswick Landscape Prize em 1990.[8]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Casou-se com Daniel Chatto, filho de ator Tom Chatto e de Ros Chatto em 14 de julho de 1994. A cerimônia foi oficializada pelo reverendo Chad Varah. Juntos, o casal tem dois filhos:

Lady Sarah é vice-presidente do Royal Ballet, um cargo que recebeu em 2004. A princesa Margaret foi uma das patronas do Royal Ballet.[9]

Ela e seu único irmão, David Armstrong-Jones, 2.º Conde de Snowdon, têm atraído menos atenção da mídia do que seus primos, os filhos da rainha, e a mãe deles interferiu-se muito pouco em sua vida profissional e pessoal; daí o sucesso de ambos em ambas as áreas.

Sarah não tem deveres públicos e não é considerada um membro ativo da família real. Porém, há relatos na imprensa de que ela era muito próxima da sua tia, a rainha Isabel II, uma vez que era a sua única sobrinha, e ainda é muito próxima do seu primo, o rei Carlos III. Ela participa frequentemente em eventos públicos como jubileus e funerais, assim como em eventos semiprivados da família real como a missa de Natal em Sandringham.[10]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Margarita Armstrong-Jones
Linha de sucessão ao trono britânico
27º
Sucedido por
Samuel Chatto
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Thompson, Wayne C. (20 de julho de 2016). Western Europe 2016-2017 (em inglês). [S.l.]: Rowman & Littlefield 
  2. «Lord Snowdon fathered a secret love child just months before marrying Princess Margaret». www.telegraph.co.uk. Consultado em 25 de janeiro de 2023 
  3. Owens, Mitchell (27 de junho de 1999). «NOTICED; Blood Tells. So Does Burke's.». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 25 de janeiro de 2023 
  4. «A Windsor War». Peoplemag (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2023 
  5. connie.fisher (8 de abril de 2004). «Announcement of the christening of Lady Louise Windsor». The Royal Family (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2023 
  6. a b c d e Aronson, Theo (2013). Princess Margaret: A Biography. Thistle Publishing.
  7. «Mother's pride in David and Sarah». Evening Standard (em inglês). 12 de abril de 2012. Consultado em 25 de janeiro de 2023 
  8. «Sarah Armstrong-Jones». The Redfern Gallery (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2023 
  9. «The Company». Birmingham Royal Ballet (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2023 
  10. «Lady Sarah Chatto: Everything you need to know about Queen Elizabeth II's niece». HELLO! (em inglês). 19 de setembro de 2022. Consultado em 25 de janeiro de 2023