BASTIDORES. Pablo presidente, três comissões e o desinteresse em tratar da obra da Travessia Urbana - Claudemir Pereira
DestaquePolítica

BASTIDORES. Pablo presidente, três comissões e o desinteresse em tratar da obra da Travessia Urbana

Com Manoel Badke à frente da Prefeitura, o líder pepista assumiu a Câmara

Três comissões especiais foram formadas na sessão desta quinta-feira (22), presidida por Pablo Pacheco (Foto Gustavo Nuh/Câmara)

Por Maiquel Rosauro

A Câmara de Vereadores de Santa Maria passou a ser presidida pelo seu vice-presidente, Pablo Pacheco (PP), que assumiu o posto nesta quinta-feira (22). O titular, Manoel Badke – Maneco (UB), está à frente da Prefeitura de Santa Maria, enquanto Jorge Pozzobom (PSDB), prefeito, e Rodrigo Decimo (UB), vice, estão em São Paulo.

Nesta quinta, Pacheco comandou a sessão plenária que, inclusive, contou com a presença do prefeito em exercício. Na tribuna, Maneco disse que era uma honra estar na Casa na condição de chefe do Executivo.

“Até amanhã, estou recebendo as demandas”, disse Maneco, provocando risos dos colegas.

Comissões especiais

A sessão desta quinta foi marcada pela formação de comissões especiais. Um dos colegiados terá a finalidade de tratar de assuntos de interesse da comunidade santa-mariense referentes ao serviço prestado pela RGE no Município. O colegiado será composto por Adelar Vargas – Bolinha (MDB), presidente; Helen Cabral (PT), vice-presidente; e Juliano Soares – Juba (PSDB), relator.

Também foi formada uma comissão especial para tratar do Projeto de Lei Complementar 16/2023, de autoria da Prefeitura, que altera a Lei 3326/1991. O objetivo é aumentar de 120 para 180 dias a licença-maternidade de servidoras do Executivo e do Legislativo. O trio será formado por Alexandre Vargas (Republicanos), presidente; Rudinei Rodrigues – Rudys (MDB), vice-presidente; e Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), relatora.

Por fim, Tubias Callil (MDB), na função de presidente; Alexandre Vargas (Republicanos), vice; e Givago Ribeiro (PSDB), relator, formaram uma comissão para analisar e propor alterações na Lei Orgânica; Plano Diretor; Código de Posturas; Código de Obras, Zoneamento, Uso e Ocupação de Solo; e no Código de Edificações de Santa Maria.

Adiado

O vereador Valdir Oliveira (PT) solicitou a criação de uma comissão especial para acompanhar as obras da Travessia Urbana. O petista inclusive fez um discurso consistente defendendo o colegiado e terminou sua fala agradecendo pelo consenso dos colegas diante de sua proposta.

Porém, alguns segundos depois, Admar Pozzobom (PSDB), no microfone de aparte, pediu o adiamento da formação da comissão, o que foi aprovado com 14 votos favoráveis e cinco contrários.

Nas redes sociais, Valdir disse que estava indignado com a bancada do governo e chamou o ato de politicagem.

Na prática, para quem estava assistindo aos debates, a sensação que ficou foi de um desinteresse da base governista em tratar das obras da travessia urbana. Protelar a discussão é algo que interessa ao povo de Santa Maria?

Artigos relacionados

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo