Eleições primárias presidenciais do Partido Democrata em 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eleições primárias do Partido Democrata em 2020
 

2016 ← Flag of the United States.svg → 2024


3 de fevereiro até 11 de agosto de 2020
Necessário obter 1.990 de 3.979 delegados para ganhar a indicação do partido na primeira votação[nota 1]
[nota 2]
Joe Biden (49536522943) (cropped).jpg Bernie Sanders in March 2020 (cropped).jpg Announcement Day - Lawrence, MA - 47056555242 (cropped - II).jpg
Candidato Joe Biden Bernie Sanders Elizabeth Warren
Partido Democrata Democrata Democrata
Colégio eleitoral 2.727 1.118 60
Vencedor em 46[nota 3] 9[nota 4] 0
Votos 18.448.092 9.536.123 2.781.720
Porcentagem 51,49 26,62 7,76
Michael Bloomberg em 2016 (cropped).jpg Pete Buttigieg by Gage Skidmore.jpg Amy Klobuchar (48217679002) (cropped).jpg
Candidato Michael Bloomberg Pete Buttigieg Amy Klobuchar
Partido Democrata Democrata Democrata
Colégio Eleitoral 44 21 7
Vencedor em 1 território 1 estado 0
Votos 2.475.323 913.023 524.559
Porcentagem 6,91 1,46 0,76
Democratic Party presidential primaries results, 2020.svg
Resultado das Primárias Democratas por estado, por número de delegados eleitos:

Seal of the President of the United States.svg
Presidente dos Estados Unidos

Titular
Hillary Clinton
(como candidata democrata)

Eleito
Joe Biden
(como candidato democrata)

As eleições primárias presidenciais do Partido Democrata em 2020 foram uma série de disputas eleitorais organizadas pelo Partido Democrata para escolher seu candidato à Presidência dos Estados Unidos na eleição de novembro.[4] As eleições ocorreram de fevereiro a agosto de 2020 em todos os 50 estados, no Distrito de Colúmbia, em cinco territórios e entre os eleitores residentes no exterior.[5]

Dezenas de políticos apresentaram suas candidaturas, sendo os principais o ex-vice-presidente Joe Biden, o ex-prefeito Michael Bloomberg, o prefeito Pete Buttigieg, a senadora Amy Klobuchar, o senador Bernie Sanders e a senadora Elizabeth Warren.[6] Outros candidatos, como a senadora Kirsten Gillibrand, a senadora Kamala Harris e o representante Beto O'Rourke, desistiram antes das primeiras votações ocorrerem.[7]

Ao término das primárias, a chapa democrata foi oficialmente designada pela Convenção Nacional do partido, que ocorreu de 17 a 20 de agosto. Para ganhar a nomeação, o candidato deveria obter metade dos 3.979 delegados no primeiro turno.[8] Na primeira votação da convenção, Biden recebeu o apoio de 2.727 delegados, superando facilmente Sanders, que conseguiu 1.118. Para a vice-presidência, Biden escolheu Harris, que foi confirmada de forma unânime pela Convenção.[9]

Contexto[editar | editar código-fonte]

Depois que Hillary Clinton perdeu a eleição presidencial de 2016, muitos passaram a acreditar que o Partido Democrata não possuía uma clara liderança a nível nacional.[10] As divisões permaneceram no partido após as primárias de 2016, que colocaram Clinton contra Bernie Sanders.[11][12] Na eleição para a presidência do Comitê Nacional Democrata em 2017, Tom Perez derrotou Keith Ellison, o que foi visto à época como uma vitória do establishment do partido contra a ala mais à esquerda.[13]

Entre as eleições de 2016 e as eleições de meio de mandato de 2018, os democratas do Senado geralmente mudaram suas posições políticas para a esquerda em relação a temas como propina escolar, saúde pública e imigração.[14][15] As eleições de 2018 resultaram no Partido Democrata recuperando o controle da Câmara dos Representantes pela primeira vez em oito anos, ganhando assentos em distritos urbanos e suburbanos.[16][17]

Processo[editar | editar código-fonte]

Reformas desde 2016[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2018, os membros do Comitê Nacional Democrata (DNC) aprovaram reformas no processo das primárias presidenciais do partido, alegadamente para aumentar a participação[18] e garantir a transparência.[19] Os partidos estaduais foram incentivados a deixar para os governos a administração das primárias sempre que fosse possível e facilitar o registro de novos votantes.[18] As novas reformas regularam ainda como a Convenção Nacional Democrata lidaria com o resultado das primárias e caucuses em três possíveis cenários:

  1. Se um candidato ganhar pelo menos 2.268 delegados: os superdelegados poderão votar na primeira votação, pois sua influência não pode mudar a maioria dos delegados comprometidos obtidos pelo candidato;[20][21]
  2. Se um candidato ganhar entre 1.886 e 2.267 delegados: os superdelegados serão impedidos de votar na primeira votação, que somente será decidida pela vontade dos delegados obtidos nas prévias;[20][21]
  3. Se nenhum candidato ganhar mais de 1.885 delegados: a convenção será considerada "contestada", na qual os superdelegados são impedidos de votar na primeira votação, mas recuperam o poder de voto em todas votações subsequentes necessárias até que um candidato receba a maioria dos votos. Os superdelegados podem votar em qualquer candidato.[20][21]

A proibição de os superdelegados votarem na primeira votação nos dois últimos cenários mencionados acima não os impede de endossar publicamente um candidato de sua escolha antes da convenção.[21] Nas primárias presidenciais anteriores, os superdelegados democratas votaram em todas as votações.[22] Em 2016, Clinton conseguiu o apoio de mais de 90% dos superdelegados votantes.[23]

O partido também incentivou os estados que utilizavam o método de votação chamado caucus a mudarem para votações primárias normais. Como resultado, os democratas tiveram em 2020 seu menor número de caucuses na história recente do partido, com o sistema sendo usado apenas em apenas três estados e quatro territórios.[24]

Número de delegados e cláusula de barreira de 15%[editar | editar código-fonte]

Os delegados designados para cada estado são proporcionais ao número de votos que possuem no Colégio Eleitoral e nas votações obtidas pelos candidatos democratas a presidente. Assim, menos peso é dado aos swing states (estados decisivos) e republicanos e mais peso aos estados fortemente democratas na escolha do candidato.[25][26] Entre seis e sete votos são atribuídos a cada território, exceto para Porto Rico, que possui 51 delegados. Para os democratas que residem no exterior foram distribuídos 12 delegados.[25]

Dentro dos estados, um quarto dos delegados é alocado para candidatos com base no total de votos em todo o estado, enquanto que o restante é dado com base nos votos obtidos em cada distrito da Câmara dos Representantes.[25] Os distritos mais democratas recebem mais delegados e menos delegados são alocados para os distritos decisivos e republicanos.[25] Assim, por exemplo, o 12.º distrito da Califórnia, fortemente democrata e representado pela speaker Nancy Pelosi, tem 7 delegados, ou um a cada 109.000 pessoas, e o 10.º distrito da Califórnia, menos democrata, tem 4 delegados, ou um por 190.000 pessoas.[27][28][29]

As primárias estaduais possuem uma cláusula de barreira para a distribuição dos delegados. Os candidatos com menos de 15% dos votos populares não recebem delegados. Os candidatos que obtiverem 15% ou mais dos votos populares dividem os delegados na proporção de seus votos.[25][30] O limiar de 15% foi estabelecido em 1992[31] para limitar candidatos "marginais."[32] No entanto, o limiar significa que qualquer setor do partido (moderado, radical, centrista etc.) que produz poucos candidatos, não dividindo os votos dos apoiadores, pode ganhar a maioria dos delegados, sem obter a maioria dos votos populares.[31][32][33]

Calendário eleitoral[editar | editar código-fonte]

Calendário indicando a data das votações em cada estado e território:       Fevereiro       3 de março (Super Terça)       10 de março       14-17 de março       7–17 de abril       28 de abril       Maio       Junho       Julho–agosto

Por conta da pandemia de COVID-19 nos Estados Unidos, algumas prévias foram remarcadas. A tabela a seguir indica os estados e territórios que alteraram a data diante da pandemia:

2020 Democratic primaries altered due to COVID-19.
Primary Data original Data final Votação presencial? Última alteração Ref.
Ohio 17 de março 28 de abril Não 25 de março [34][35]
Geórgia 24 de março 9 de junho Sim 9 de abril [36][37]
Porto Rico 29 de março 12 de julho Sim 21 de maio [38][39][40]
Alasca 4 de abril 10 de abril Não 23 de março [41]
Wyoming 4 de abril 17 de abril Não 22 de março [42]
Havaí 4 de abril 22 de março Não 27 de março [43][44][45]
Louisiana 4 de abril 11 de julho Sim 14 de abril [46][47]
Maryland 28 de abril 2 de junho Sim 17 de março [48]
Pensilvânia 28 de abril 2 de junho Sim 27 de março [49]
Rhode Island 28 de abril 2 de junho Sim 23 de junho [50]
Nova Iorque 28 de abril 23 de junho Sim 27 de abril [51][52][53]
Delaware 28 de abril 7 de julho Sim 7 de maio [54][55]
Connecticut 28 de abril 11 de agosto Sim 17 de abril [56]
Kansas 2 de maio 2 de maio Não 30 de março [57]
Guam 2 de maio 6 de junho Sim 4 de junho [58]
Indiana 5 de maio 2 de junho Sim 20 de março [59]
Virgínia Ocidental 12 de maio 9 de junho Sim 1 de abril [60]
Kentucky 19 de maio 23 de junho Sim 16 de março [61]
Nova Jersey 2 de junho 7 de julho Sim 8 de abril [62]

Candidatos[editar | editar código-fonte]

O número de candidatos relevantes para a indicação presidencial democrata de 2020 atingiu a casa das duas dúzias.[63] De acordo com o Politifact, a quantidade de candidatos à presidência era maior do que de qualquer partido político norte-americano desde 1972, superando os 17 republicanos que disputaram a indicação do partido em 2016.[64] Em maio de 2019, a CBS News se referiu aos presidenciáveis democratas como "o maior e mais diversificado grupo de candidatos democratas na história moderna", o qual incluía seis candidatas.[65]

Principais candidatos[editar | editar código-fonte]

Candidato Idade e naturalidade Cargos ocupados Candidatura
Joe Biden (48554137807) (cropped).jpg
Joe Biden
20 de novembro de 1942
(77 anos)
Scranton, Pensilvânia
Vice-presidente dos Estados Unidos
(2009-2017)
Senador dos Estados Unidos por Delaware
(1973-2009)
Joe Biden 2020 presidential campaign logo.svg

Anúncio: 25 de abril de 2019[66]

Michael Bloomberg em 2016 (cropped).jpg
Michael Bloomberg
14 de fevereiro de 1942
(78 anos)
Boston, Massachusetts
Prefeito de Nova Iorque
(2002-2014)
CEO da Bloomberg L.P.
Mike Bloomberg 2020 presidential campaign logo.svg

Anúncio: 24 de novembro de 2019[67]
Desistência: 4 de março de 2020
(endossou Biden)[68]

Pete Buttigieg (49381981808) (cropped).jpg
Pete Buttigieg
19 de janeiro de 1982
(38 anos)
South Bend, Indiana
Prefeito de South Bend
(2012-2020)
Pete for America logo (Strato Blue).svg

Anúncio: 23 de janeiro de 2019[69]
Desistência: 1 de março de 2020[70]
(endossou Biden)[71]

Amy Klobuchar (48217679002) (cropped).jpg
Amy Klobuchar
25 de maio de 1960
(59 anos)
Plymouth, Minnesota
Senadora dos Estados Unidos por Minnesota
(desde 2007)
Amy Klobuchar 2020 presidential campaign logo.svg

Anúncio: 10 de fevereiro de 2019[72]
Desistência: 2 de março de 2020[73]
(endossou Biden)[74]

Bernie Sanders in March 2020 (cropped).jpg
Bernie Sanders
8 de setembro de 1941
(78 anos)
Brooklyn, Nova Iorque
Senador dos Estados Unidos por Vermont
(desde 2007)
Prefeito de Burlington
(1981-1989)
Bernie Sanders 2020 logo.svg

Anúncio: 19 de fevereiro de 2019[75]
Desistência: 8 de abril de 2020[76]
(endossou Biden)[77]

Elizabeth Warren June 2019.jpg
Elizabeth Warren
22 de junho de 1949
(70 anos)
Oklahoma City, Oklahoma
Senadora dos Estados Unidos por Massachusetts
(desde 2013)
Elizabeth Warren 2020 presidential campaign logo.svg

Anúncio: 31 de dezembro de 2018[78]
Desistência: 5 de março de 2020[79]
(endossou Biden)[80]

Demais candidatos[editar | editar código-fonte]

Além dos candidatos listados abaixo, outras 270 pessoas apresentaram documentação junto à Comissão Federal de Eleições para concorrer nas primárias presidenciais democratas de 2020.[81]

Tulsi Gabbard August 2019.jpg
Steyer2 (48907647822) (cropped).jpg
Deval Patrick 2016.jpg
Michael Bennet by Gage Skidmore.jpg
Andrew Yang by Gage Skidmore.jpg
John Delaney by Gage Skidmore.jpg
Cory Booker by Gage Skidmore.jpg
Tulsi Gabbard
Representante
do Havaí
Tom Steyer
Bilionário
da Califórnia
[nota 5]
Deval Patrick
Ex-governador
de Massachusetts
[nota 6]
Michael Bennet
Senador
do Colorado
[nota 7]
Andrew Yang
Empreendedor
de Nova Iorque
[nota 8]
John Delaney
Representante
de Maryland
[nota 9]
Cory Booker
Senador
de Nova Jersey
[nota 10]
Marianne Williamson November 2019.jpg
Julian Castro 2019 crop.jpg
Kamala Harris April 2019.jpg
Steve Bullock by Gage Skidmore.jpg
Joe Sestak August 2019 (3) (cropped).jpg
Wayne Messam by Marc Nozell (cropped).jpg
Beto O'Rourke April 2019.jpg
Marianne Williamson
Escritora
da Califórnia
[nota 11]
Julián Castro
Ex-secretário
do Texas
[nota 12]
Kamala Harris
Senadora
da Califórnia
[nota 13]
Steve Bullock
Governador
de Montana
[nota 14]
Joe Sestak
Ex-representante
da Pensilvânia
[nota 15]
Wayne Messam
Prefeito
da Flórida
[nota 16]
Beto O'Rourke
Ex-representante
do Texas
[nota 17]
Tim Ryan by Gage Skidmore.jpg
Bill de Blasio by Gage Skidmore.jpg
Kirsten Gillibrand August 2019.jpg
Seth Moulton August 2019.jpg
Jay Inslee by Gage Skidmore.jpg
John Hickenlooper by Gage Skidmore.jpg
Eric Swalwell (48016282941) (cropped).jpg
Tim Ryan
Representante
de Ohio
[nota 18]
Bill de Blasio
Prefeito
de Nova Iorque
[nota 19]
Kyrsten Gilibrand
Senadora
de Nova Iorque
[nota 20]
Seth Moulton
Representante
de Massachusetts
[nota 21]
Jay Inslee
Governador
de Washington
[nota 22]
John Hickenlooper
Ex-governador
do Colorado
[nota 23]
Eric Swalwell
Representante
da Califórnia
[nota 24]

Financiamento de campanha[editar | editar código-fonte]

Esta é uma visão geral das finanças das campanhas dos principais candidatos, e discrimina o valor arrecadado e gasto por cada um deles durante todo o período de 1º de janeiro de 2017 a 31 de janeiro de 2020, conforme relatado pelas campanhas à Comissão Federal de Eleições (FEC). O total arrecadado é a soma de todas as contribuições individuais (grandes e pequenas), empréstimos e transferências de outros comitês de campanha. A última coluna, "dinheiro disponível" (DP), foi calculada subtraindo o valor "gasto" do valor "arrecadado", mostrando assim o dinheiro restante que cada campanha tinha disponível em 31 de janeiro de 2020 para seus gastos futuros.

  Candidato desistente
Finanças de campanha por candidato
Candidato Total Contribuições individuais Dívida Gasto DP
Total Pequenas doações
Joe Biden[112] $69.947.289 $69.717.230 $25.279.259 $0 $62.840.790 $7.106.499
Tulsi Gabbard[113] $13.705.808 $11.105.804 $6.557.690 $604.695 $11.695.759 $2.010.048
Bernie Sanders[114] $134.108.148 $120.953.025 $73.944.100 $0 $117.272.653 $16.835.495
Michael Bennet[115] $7.314.141 $6.597.792 $2.243.458 $0 $6.901.994 $412.147
Michael Bloomberg[116] $464.145.124 $0 $0 $47.933.276 $409.006.814 $55.138.310
Cory Booker[117] $25.773.192 $22.775.586 $7.705.102 $999.464 $23.408.711 $2.364.481
Steve Bullock[118] $5.507.473 $5.489.527 $1.754.316 $0 $5.384.711 $122.762
Pete Buttigieg[119] $82.998.033 $82.387.908 $35.791.546 $0 $76.366.742 $6.631.290
Julian Castro[120] $10.302.020 $10.264.194 $6.620.621 $0 $9.740.367 $561.654
Bill de Blasio[121] $1.423.262 $1.423.223 $141.984 $30.351 $1.415.240 $8.022
John Delaney[122] $29.096.044 $2.582.552 $346.526 $11.408.250 $29.005.275 $112.812
Kirsten Gillibrand[123] $15.951.180 $6.278.790 $1.979.345 $0 $14.489.189 $1.461.991
Mike Gravel[124] $330.059 $330.059 $322.076 $0 $239.833 $6.290
Kamala Harris[125] $40.844.081 $39.239.581 $15.734.549 $1.073.365 $39.464.670 $1.419.411
John Hickenlooper [126] $3.509.464 $3.352.659 $562.301 $75.000 $3.504.779 $4.686
Amy Klobuchar[127] $34.478.549 $30.843.861 $13.127.196 $0 $31.615.426 $2.863.124
Jay Inslee[128] $6.936.980 $6.911.292 $3.455.790 $0 $6.886.750 $50.231
Wayne Messam[129] $126.918 $124.318 $38.835 $81.876 $126.918 $0
Seth Moulton[130] $2.288.715 $1.497.825 $342.499 $182.328 $2.187.344 $59.433
Beto O'Rourke[131] $18.469.516 $18.447.981 $9.436.271 $10.825 $18.108.263 $361.253
Deval Patrick[132] $2.277.907 $1.877.907 $202.953 $400.000 $871.301 $1.406.606
Tim Ryan[133] $1.341.246 $1.285.074 $435.024 $0 $1.340.948 $304
Joe Sestak[134] $449.345 $440.127 $107.002 $0 $445.768 $3.577
Tom Steyer[135] $271.575.679 $3.555.597 $2.434.938 $24.000 $253.718.074 $17.857.605
Eric Swalwell[136] $2.604.856 $892.373 $340.385 $0 $2.604.856 $0
Elizabeth Warren[137] $93.028.095 $81.494.833 $48.480.591 $400.000 $90.728.115 $2.299.980
Marianne Williamson[138] $7.982.761 $7.976.999 $4.593.985 $249.741 $7.656.371 $326.390
Andrew Yang[139] $31.734.224 $31.644.175 $16.635.560 $2.010 $28.013.997 $3.720.227

Debates[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2018, o Comitê Nacional Democrata (DNC) anunciou o cronograma preliminar para 12 debates oficiais autorizados pelo DNC, com início em junho de 2019, sendo seis debates em 2019 e os seis restantes durante os primeiros quatro meses de 2020. Os candidatos podiam participar de fóruns com vários outros candidatos, desde que apenas um candidato aparecesse no palco por vez; se os candidatos participassem de qualquer debate não autorizado com outros candidatos à presidência, perderiam o convite para participar do próximo debate patrocinado pelo partido.[140][141]

Os debates agendados nos quatro estados que realizariam primeiro suas primárias e caucuses (Iowa, Nova Hampshire, Nevada e Carolina do Sul) ocorreram em 2020.[140] O DNC também anunciou que não faria parceria para que a Fox News fosse patrocinadora de um debate;[142][143] a Fox News realizou um debate democrata pela última vez em 2003.[144] Como nova regra, todos os veículos selecionados para patrocinar os debates deveriam escolher pelo menos uma mulher como moderadora, supostamente para garantir que não haja um tratamento distorcido pelo gênero dos candidatos e tópicos do debate.[145]

Debates presidenciais democratas
# Data Horário
(ET)
Espectadores Cidade Responsável(eis) Moderador(es)
1A 26 de junho de 2019 9–11 p.m. ~24,3 milhões
(15,3m ao vivo na TV; 9m no streaming)[146]
Miami, Flórida[147] NBC News
MSNBC
Telemundo
Jose Diaz-Balart
Savannah Guthrie
Lester Holt
Rachel Maddow
Chuck Todd[148]
1B 27 de junho de 2019 9–11 p.m. ~27,1 milhões
(18,1m ao vivo na TV; 9m no streaming)[149]
2A 30 de julho de 2019 8–10:30 p.m. ~11,5 milhões
(8,7m ao vivo na TV; 2,8m no streaming)
Detroit, Michigan[150] CNN Dana Bash
Don Lemon
Jake Tapper[151]
2B 31 de julho de 2019[152] 8–10:30 p.m. ~13,8 milhões
(10,7m ao vivo na TV; 3,1m no streaming)[153]
3 12 de setembro de 2019 8–11 p.m. 14,04 milhões[154] Houston, Texas[155] ABC News
Univision
Linsey Davis
David Muir
Jorge Ramos
George Stephanopoulos[156]
4 15 de outubro de 2019[157] 8–11 p.m. 8,34 milhões[158] Westerville, Ohio CNN
The New York Times[159]
Erin Burnett
Anderson Cooper
Marc Lacey[160]
5 20 de novembro de 2019[161] 9–11 p.m. ~7,9 milhões
(6,6m ao vivo na TV; 1,3m no streaming)[162]
Atlanta, Georgia[163] MSNBC
The Washington Post
Rachel Maddow
Andrea Mitchell
Ashley Parker
Kristen Welker[164]
6 19 de dezembro de 2019 8–11 p.m.[165] 6,17 milhões[166] Los Angeles, Califórnia[167] PBS
Politico
Tim Alberta
Yamiche Alcindor
Amna Nawaz
Judy Woodruff[168]
7 14 de janeiro de 2020 9–11:15 p.m.[169] ~11,3 milhões
(7,3m ao vivo na TV; 4m no streaming)[170]
Des Moines, Iowa[171][172] CNN
The Des Moines Register
Wolf Blitzer
Brianne Pfannenstiel
Abby Phillip[173]
8 7 de fevereiro de 2020 8–10:30 p.m.[174] ~11 milhões
(7,8m ao vivo na TV; 3,2m no streaming)[175]
Manchester, Nova Hampshire[171][176] ABC News
WMUR-TV
Apple News
Linsey Davis
Monica Hernandez
David Muir
Adam Sexton
George Stephanopoulos[174]
9 19 de fevereiro de 2020 9–11 p.m.[177] ~33,16 milhões
(19,66m ao vivo na TV; 13,5m no streaming)[178][179][180]
Paradise, Nevada[177] NBC News
MSNBC
Telemundo
The Nevada Independent
Vanessa Hauc
Lester Holt
Hallie Jackson
Jon Ralston
Chuck Todd[177]
10 25 de fevereiro de 2020 8–10 p.m.[181] ~15,3 milhões[182] Charleston, Carolina do Sul[171] CBS News
BET
Twitter
Congressional Black Caucus Institute[183]
Margaret Brennan
Major Garrett
Gayle King
Norah O'Donnell
Bill Whitaker[183]
11 15 de março de 2020 8–10 p.m.[184] ~11,4 milhões
(10,8m ao vivo na TV; 0,6m no streaming)[185]
CNN studio
Washington, D.C.[186]
CNN
Univision
Congressional Hispanic Caucus
Dana Bash
Ilia Calderón
Jake Tapper[186]

Pesquisas de opinião[editar | editar código-fonte]

Candidatos atuais
     Bernie Sanders
     Joe Biden
     Michael Bloomberg
     Elizabeth Warren
     Outros/Indecisos
Candidatos desistentes
     Amy Klobuchar
     Pete Buttigieg
     Andrew Yang
     Cory Booker
     Kamala Harris
     Beto O'Rourke
Eventos
     Debates
     Caucuses e primárias

O gráfico a seguir mostra a evolução do apoio de cada candidato nos agregadores de pesquisas de dezembro de 2018 a março de 2020, pouco antes das prévias acabarem de facto.

Agregadores de pesquisas
Fonte Data de atualização Datas pesquisadas Biden Sanders Indecisos
270 to Win 19 de março de 2020 11-18 de março 55,0% 34,4% 10,6%
FiveThirtyEight 19 de março de 2020 8-17 de março 51,5% 32,6% 15,9%
RealClear Politics 19 de março de 2020 8-16 de março 55,7% 35,3% 9,0%
Média 54,1% 34,1% 11,8%

Resultados[editar | editar código-fonte]

Mapa com os vencedores por estado/território:
     Joe Biden
     Bernie Sanders
     Pete Buttigieg
     Michael Bloomberg
Mapa com os vencedores por condados:

A nível nacional[editar | editar código-fonte]

O total de votos na tabela abaixo corresponde ao indicado pelo The Green Papers, site especializado na política norte-americana e em resultados eleitorais.[2][187]

Nota: os resultados foram discriminados apenas para os candidatos que participaram de alguma prévia. Assim, candidatos que desistiram antes disso foram incluídos em Outros.

Candidato Votos % Del. %
Joe Biden 18.448.092 51,49 2.727 68,52
Bernie Sanders 9.536.123 26,62 1.118 28,10
Elizabeth Warren 2.781.720 7,76 60 1,51
Michael Bloomberg 2.475.323 6,91 44 1,11
Pete Buttigieg 913.023 2,55 21 0,53
Amy Klobuchar 524.559 1,46 7 0,18
Tulsi Gabbard 270.792 0,76 2 0,05
Tom Steyer 258.907 0,72 0 0
Andrew Yang 160.416 0,45 0 0
Michael Bennet 62.263 0,17 0 0
Deval Patrick 27.121 0,08 0 0
Outros 369.093 1,03 0 0
Total 35.827.432 100 3.979 100
  Candidato vencedor

Por estados e territórios[editar | editar código-fonte]

Nota: os resultados estão ordenados de acordo com a data de realização da prévia e, se no mesmo dia, em ordem alfabética.

Data Delegados Estado
Território
Biden Sanders Warren Bloomberg Buttigieg Klobuchar
3 de fevereiro 41 Iowa
[188]
6
23.291 (13,7%)
12
45.652 (26,5%)
8
34.909 (20,3%)
14
43.209 (25,1%)
1
21.100 (12,2%)
11 de fevereiro 24 Nova Hampshire
[189]

24.911 (8,4%)
9
76.352 (25,6%)

27.427 (9,2%)

4.777 (1,6%)
9
72.445 (24,3%)
6
58.774 (19,7%)
22 de fevereiro 36 Nevada
[190]
9
19.179 (18,9%)
24
41.075 (40,5%)

11.703 (11,5%)
3
17.598 (17,3%)

7.376 (7,3%)
29 de fevereiro 54 Carolina do Sul
[191]
39
261.897 (48,7%)
15
106.342 (19,8%)

38.034 (7,1%)

44.139 (8,2%)

16.877 (3,1%)
3 de março
(Super Terça)
(1.344)
52 Alabama
[192]
44
286.040 (63,3%)
8
74.806 (16,5%)

25.853 (5,7%)

52.802 (11,7%)

1.407 (0,3%)

898 (0,2%)
31 Arkansas
[193]
17
92.546 (40,5%)
9
51.147 (22,4%)

22.866 (10,0%)
5
38.234 (16,7%)

7.672 (3,4%)

7.029 (3,1%)
415 Califórnia
[194]
163
1.129.495 (26,8%)
220
1.429.119 (33,9%)
7
552.613 (13,1%)
24
559.425 (13,3%)

222.980 (5,3%)

113.043 (2,7%)
110 Carolina do Norte
[195]
67
568.833 (43,0%)
37
318.866 (24,1%)
2
138.588 (10,5%)
4
171.676 (13,0%)

43.342 (3,3%)

30.648 (2,3%)
67 Colorado
[196]
10
184.130 (23,6%)
20
282.419 (36,1%)
4
135.088 (17,3%)
10
160.400 (20,5%)
24 Maine
[197]
11
68.419 (34,1%)
9
65.895 (32,9%)
4
31.530 (15,7%)

24.124 (12,0%)

4.166 (2,1%)

2.730 (1,4%)
91 Massachusetts
[198]
37
470.451 (33,7%)
29
373.224 (26,7%)
25
299.707 (21,4%)

164.538 (11,8%)

37.180 (2,7%)

16.851 (1,2%)
75 Minnesota
[199]
38
287.553 (38,6%)
27
222.431 (29,9%)
10
114.674 (15,4%)

61.882 (8,3%)

7.616 (1,0%)

41.530 (5,6%)
37 Oklahoma
[200]
21
117.552 (38,7%)
13
77.302 (25,4%)
1
40.676 (13,4%)
2
42.243 (13,9%)

5.113 (1,7%)

6.728 (2,2%)
6 Samoa Americana
[201]

31 (8,8%)

37 (10,5%)

5 (1,4%)
4
175 (49,9%)
64 Tennessee
[202]
33
214.888 (41,7%)
19
128.731 (25,0%)
1
53.583 (10,4%)
10
79.699 (15,5%)

17.063 (3,3%)

10.630 (2,1%)
228 Texas
[203]
111
716.030 (34,5%)
102
622.360 (30,0%)
5
237.028 (11,4%)
10
298.262 (14,4%)

82.221 (4,0%)

43.027 (2,1%)
29 Utah
[204]
2
31.571 (17,4%)
13
62.786 (34,6%)

28.178 (15,5%)
2
30.366 (16,7%)

17.697 (9,8%)

7.047 (3,9%)
16 Vermont
[205]
5
34.734 (22,0%)
11
80.121 (50,8%)

19.816 (12,6%)

14.843 (9,4%)

3.714 (2,4%)

2.023 (1,3%)
99 Virgínia
[206]
66
705.463 (53,3%)
31
306.353 (23,1%)
2
142.532 (10,8%)

128.020 (9,7%)

11.198 (0,8%)

8.414 (0,6%)
3-10 de março 13 Democratas no exterior
[207]
4
9.059 (22,7%)
9
23.139 (57,9%)

5.730 (14,3%)

892 (2,2%)

224 (0,6%)
10 de março
(352)
14 Dacota do Norte
[208]
6
5.742 (39,5%)
8
7.682 (52,8%)

366 (2,5%)

113 (0,8%)

164 (1,1%)

223 (1,5%)
25 Idaho
[209]
16
53.151 (48,9%)
9
46.114 (42,4%)

2.878 (2,6%)

2.612 (2,4%)

1.426 (1,3%)

774 (0,7%)
125 Michigan
[210]
73
840.360 (52,9%)
52
576.926 (36,3%)

26.148 (1,6%)

73.464 (4,6%)

22.462 (1,4%)

11.018 (0,7%)
36 Mississippi
[211]
34
222.160 (80,9%)
2
40.657 (14,8%)

1.550 (0,6%)

6.933 (2,5%)

562 (0,2%)

440 (0,1%)
68 Missouri
[212]
44
400.347 (60,1%)
24
230.374 (34,6%)

8.156 (1,2%)

9.866 (1,5%)

3.309 (0,5%)

2.682 (0,4%)
89 Washington
[213]
46
591.403 (37,9%)
43
570.039 (36,6%)

142.652 (9,1%)

122.530 (7,9%)

63.344 (4,1%)

33.383 (2,1%)
14 de março 6 Ilhas Mariana do Norte
[214]
2
48 (36,4%)
4
84 (63,6%)
17 de março
(441)
67 Arizona
[215]
38
268.029 (43,7%)
29
200.456 (32,7%)

35.537 (6,6%)


24.868 (4,6%)

219 Flórida
[216]
162
1.077.375 (62,0%)
57
397.311 (22,8%)

32.875 (1,9%)

146.544 (8,4%)

39.886 (2,3%)

17.276 (1,0%)
155 Illinois
[217]
95
986.661 (58,9%)
60
605.701 (36,2%)

24.413 (1,5%)

25.500 (1,5%)

9.729 (0,6%)

7 de abril 84 Wisconsin
[218]
56
581.463 (62,9%)
28
293.441 (31,7%)

14.060 (1,5%)

8.846 (1,0%)

4.946 (0,5%)

6.079 (0,6%)
10 de abril 15 Alasca
[219]
8
10.834 (55,3%)
7
8.755 (44,7%)
17 de abril 14 Wyoming
[220]
10
10.912 (72,2%)
4
4.206 (27,8%)
28 de abril 136 Ohio
[221]
115
647.284 (72,4%)
21
149.683 (16,7%)

30.985 (3,5%)

28.704 (3,2%)

15.113 (1,7%)

11.899 (1,3%)
2 de maio 39 Kansas
[222]
29
110.041 (76,8%)
10
33.142 (23,2%)
12 de maio 29 Nebraska
[223]
29
126.444 (76,8%)
10
23.214 (14,1%)
10.401 (6,3%)
19 de maio 61 Oregon
[224]
46
408.315 (66,0%)
15
127.345 (20,6%)
59.355 (9,6%)
22 de maio 24 Havaí
[225]
16
21.215 (63,2%)
8
12.337 (36,8%)
2 de junho
(479)
16 Dacota do Sul
[226]
13
40.800 (77,5%)
3
11.861 (22,5%)
20 Distrito de Colúmbia
[227]
20
84.093 (76,0%)

11.116 (10,0%)

14.228 (12,9%)
82 Indiana
[228]
81
380.836 (76,5%)
1
67.688 (13,6%)

14.344 (2,9%)

4.783 (1,0%)

17.957 (3,6%)

3.860 (0,8%)
96 Maryland
[229]
96
879.753 (83,7%)

81.939 (7,8%)

27.134 (2,6%)

6.773 (0,6%)

7.180 (0,7%)

5.685 (0,5%)
19 Montana
[230]
18
111.706 (74,5%)
1
22.033 (14,7%)

11.984 (8,0%)



34 Novo México
[231]
30
181.700 (73,3%)
4
37.435 (15,1%)

14.552 (5,9%)
186 Pensilvânia
[232]
151
1.264.624 (79,3%)
35
287.834 (18,0%)
26 Rhode Island
[233]
25
79.728 (76,7%)
1
15.525 (14,9%)

4.479 (4,3%)
6 de junho
(14)
7 Guam
[234]
5
270 (69,6%)
2
118 (30,4%)
7 Ilhas Virgens
[235]
7
502 (91,3%)

28 (5,1%)
9 de junho
(133)
105 Geórgia
[236]
105
922.177 (84,9%)

101.668 (9,4%)

21.906 (2,0%)

7.657 (0,7%)

6.346 (0,6%)

4.317 (0,4%)
28 Virgínia Ocidental
[237]
28
122.518 (65,3%)

22.793 (12,2%)

5.741 (3,1%)

3.759 (2,0%)

3.455 (1,8%)

3.011 (1,6%)
23 de junho
(328)
54 Kentucky
[238]
52
365.284 (67,9%)

65.055 (12,1%)

15.300 (2,8%)

9.127 (1,7%)

5.296 (1,0%)
274 Nova Iorque
[239]
231
1.120.209 (70,2%)
43
281.529 (17,6%)

81.535 (5,1%)

39.292 (2,5%)

22.515 (1,4%)

10.872 (0,7%)
7 de julho
(147)
21 Delaware
[240]
21
81.954 (89,4%)

6.878 (7,5%)

2.850 (3,1%)
126 Nova Jersey
[241]
121
813.693 (84,9%)
5
140.336 (14,7%)
11 de julho 54 Louisiana
[242]
54
212.555 (79,5%)

19.859 (7,4%)

6.426 (2,4%)

4.312 (1,6%)

2.363 (0,9%)

2.431 (0,9%)
13 de julho 51 Porto Rico
[243]
44
3.930 (56,0%)
5
932 (13,3%)

101 (1,4%)
2
894 (12,7%)

158 (2,2%)

31 (0,4%)
11 de agosto 60 Connecticut
[244]
60
221.323 (84,9%)

30.062 (11,5%)
  Candidato desistente quando da realização da prévia

Notas

  1. Para cenários hipotéticos, ver #Reformas desde 2016.
  2. Os resultados correspondem ao indicado pela The New Yorker (número de delegados estimado),[1] The Green Papers (votos populares)[2] e CNN (vencedores por estados e territórios).[3]
  3. Biden venceu em 42 estados, em Washington, D.C. e em três territórios.
  4. Sanders venceu em seis estados, dois territórios e entre residentes no estrangeiro.
  5. Steyer desistiu em 29 de fevereiro de 2020.[82]
  6. Patrick desistiu em 12 de fevereiro de 2020.[83] Em 6 de março, endossou Biden.[84]
  7. Bennet desistiu em 11 de fevereiro de 2020.[85]
  8. Yang desistiu em 11 de fevereiro de 2020.[86] Em 10 de março, endossou Biden.[87]
  9. Delaney desistiu em 31 de janeiro de 2020.[88] Em 6 de março, endossou Biden.[89]
  10. Booker desistiu em 13 de janeiro de 2020.[90] Em 9 de março, endossou Biden.[91]
  11. Williamson desistiu em 10 de janeiro de 2020.[92]
  12. Castro desistiu em 2 de janeiro de 2020.[93] Em 6 de janeiro, endossou Warren.[94]
  13. Harris desistiu em 3 de dezembro de 2019.[95] Em 8 de março, endossou Biden.[96]
  14. Bullock desistiu em 2 de dezembro de 2019.[97]
  15. Sestak desistiu em 1 de dezembro de 2019.[98]
  16. Messam desistiu em 19 de novembro de 2019.[99]
  17. O'Rourke desistiu em 1 de novembro de 2019.[100] Em 2 de março, endossou Biden.[101]
  18. Ryan desistiu em 24 de outubro de 2019.[102] Em 13 de novembro, endossou Biden.[103]
  19. De Blasio desistiu em 20 de setembro de 2019.[104] Em 14 de fevereiro, endossou Sanders.[105]
  20. Gilibrand desistiu em 28 de agosto de 2019.[106]
  21. Moulton desistiu em 23 de agosto de 2019.[107] Em 27 de janeiro, endossou Biden.[108]
  22. Inslee desistiu em 21 de agosto de 2019.[109]
  23. Hickenlooper desistiu em 15 de agosto de 2019.[110]
  24. Swalwell desistiu em 8 de julho de 2019.[111]

Referências

  1. «2020 Live Democratic Delegate Count and Primary-Election Results». The New Yorker. 5 de março de 2020. Consultado em 5 de março de 2020 
  2. a b «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions». The Green Papers. Março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  3. «Primaries & Caucuses». CNN. Março de 2020. Consultado em 3 de março de 2020 
  4. «US election 2020: What are primaries and caucuses and how do they work?». BBC. 1º de março de 2020. Consultado em 1 de março de 2020 
  5. «Here's when every state's presidential primary or caucus will be held». Wqad. 28 de janeiro de 2020. Consultado em 1 de março de 2020 
  6. Grace Panetta e Walt Hickey (14 de fevereiro de 2020). «POWER RANKING: Here's who has the best chance of becoming the 2020 Democratic presidential nominee». Business Insider. Consultado em 1 de março de 2020 
  7. Alexander Burns, Matt Flegenheimer, Jasmine C. Lee, Lisa Lerer e Jonathan Martin (1 de março de 2020). «Who's Running for President in 2020?». The New York Times. Consultado em 1 de março de 2020 
  8. Zach Montellaro (1 de março de 2020). «What's the deal with a contested convention, anyway?». Politico. Consultado em 1 de março de 2020 
  9. Ledyard King (21 de agosto de 2020). «Voting and victory: Democrats focus on Donald Trump now that Joe Biden and Kamala Harris are the ticket». USA Today. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  10. Jonathan Easley (31 de março de 2017). «For Democrats, no clear leader». The Hill. Consultado em 1 de março de 2020 
  11. Graham Vyse (28 de abril de 2017). «The 2020 Democratic primary is going to be the all-out brawl the party needs». The New Republic. Consultado em 1 de março de 2020 
  12. Thomas B. Edsall (7 de setembro de 2017). «The Struggle Between Clinton and Sanders Is Not Over». The New York Times. Consultado em 1 de março de 2020 
  13. «Democratas escolhem Perez para liderar o partido contra Trump». Público. 25 de fevereiro de 2017. Consultado em 1 de março de 2020 
  14. Elana Schor (30 de dezembro de 2017). «Dem senators fight to out-liberal one another ahead of 2020». Politico. Consultado em 1 de março de 2020 
  15. Ryan W. Miller (29 de junho de 2018). «New York's Kirsten Gillibrand, Bill de Blasio echo progressive calls to 'abolish ICE'». USA Today. Consultado em 1 de março de 2020 
  16. David A. Graham (7 de novembro de 2018). «The Democrats Are Back, and Ready to Take On Trump». The Atlantic. Consultado em 1 de março de 2020 
  17. Geoffrey Skelley (8 de novembro de 2018). «The Suburbs—All Kinds Of Suburbs—Delivered The House To Democrats». FiveThirtyEight. Consultado em 1 de março de 2020 
  18. a b «DNC Passes Historic Reforms to the Presidential Nominating Process». Democratic Party. 25 de agosto de 2018. Consultado em 1 de março de 2020 
  19. Larry Cohen e Jen O'Malley Dillon (Outubro de 2018). «Report of the Unity Reform Commission» (PDF). Democratic Party. Consultado em 1 de março de 2020 
  20. a b c Callum Borchers e Zoe Mitchell (17 de fevereiro de 2020). «Here's How The New Democratic Party Rules About Delegates Will Impact The 2020 Election». Radio Boston. Consultado em 1 de março de 2020 
  21. a b c d Josh Putnam (15 de maio de 2019). «Magic Number? Determining the Winning Number of Democratic Delegates Will Be Tougher in 2020». Frontloading HQ. Consultado em 1 de março de 2020 
  22. Adam Levy (25 de agosto de 2018). «DNC changes superdelegate rules in presidential nomination process». CNN. Consultado em 1 de março de 2020 
  23. «Election 2016 — Democratic Delegate Count». Real Clear Politics. 2016. Consultado em 1 de março de 2020 
  24. Drew Desilver (31 de janeiro de 2020). «What to know about the Iowa caucuses». Pew Research Center. Consultado em 1 de março de 2020 
  25. a b c d e «The Math Behind the Democratic Delegate Allocation - 2020». The Green Pappers. Consultado em 2 de março de 2020 
  26. «Democratic delegate rules, 2020». Ballotpedia. Março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  27. «Pay attention, California: Delegate math could shape which Democrat takes on Trump». Mercury News. 29 de fevereiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  28. «My Congressional District». US Census Bureau. Center for New Media & Promotion. Consultado em 2 de março de 2020 
  29. «Each of California's 53 Congressional Districts (CDs) are allocated from 4 to 11 District- Level delegates» (PDF). California Democratic Party. 6 de janeiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  30. «Everything you need to know about delegate math in the presidential primary». The Washington Post. 16 de fevereiro de 2016. Consultado em 2 de março de 2020 
  31. a b Josh Putnam (4 de novembro de 2019). «How The 15 Percent Threshold For Primary Delegates Could Winnow The Field». FiveThirtyEight. Consultado em 2 de março de 2020 
  32. a b Henry J. Aaron (4 de fevereiro de 2019). «Democrats must act now to avoid an undemocratic 2020 outcome». Brookings. Consultado em 2 de março de 2020 
  33. Rafael Nam (15 de fevereiro de 2020). «Worries grow as moderates split Democratic vote». The Hill. Consultado em 2 de março de 2020 
  34. McKenzie Caldwell (17 de março de 2020). «Ohio primary election will now be held June 2». The Times-Gazette. Consultado em 17 de março de 2020 
  35. Zach Montellaro (25 de março de 2020). «Ohio to run all-mail primary through April 28». Politico. Consultado em 20 de maio de 2020 
  36. Greg Bluestein (14 de março de 2020). «Georgia delays presidential primary due to coronavirus pandemic». The Atlanta Journal-Constitution. Consultado em 14 de março de 2020 
  37. Mark Niesse (9 de abril de 2020). «Georgia primary delayed again to June 9 during coronavirus emergency». The Atlanta Journal-Constitution. Consultado em 9 de abril de 2020 
  38. Zach Montellaro (21 de março de 2020). «Puerto Rico postpones presidential primary». Politico. Consultado em 21 de março de 2020 
  39. Regina Zilbermints (2 de abril de 2020). «Puerto Rico delays its primary a second time». TheHill 
  40. Rafael Bernal (21 de maio de 2020). «Puerto Rico Democrats set 2020 primary: 'We have no alternative but to comply with the law'». The Hill. Consultado em 24 de maio de 2020 
  41. Kate Sullivan (23 de março de 2020). «Rhode Island postpones primaries and Alaska Democrats cancel in-person voting due to coronavirus». CNN. Consultado em 24 de março de 2020 
  42. «Wyoming Democratic Caucus moves to only mail-in voting». Wyoming Tribune Eagle. 22 de março de 2020. Consultado em 23 de março de 2020 
  43. Blair, Chad (20 de março de 2020). «Walk-In Voting Canceled For Hawaii Democratic Primary». Honolulu Civil Beat 
  44. «Party-run Presidential Primary UPDATE». Democratic Party of Hawai‘i. 27 de março de 2020. Consultado em 27 de março de 2020 
  45. «Party-run Presidential Primary Updated FAQs» (PDF). Democratic Party of Hawaii 
  46. Pramuk, Jacob (13 de março de 2020). «Louisiana postpones Democratic primary over coronavirus, the first state to do so». CNBC. Consultado em 13 de março de 2020 
  47. Melinda Deslatte (14 de abril de 2020). «Louisiana presidential primary pushed back again, to July 11». AP NEWS 
  48. Alice Miranda Ollstein; Zach Montellaro (17 de março de 2020). «Maryland postpones April 28 primary election over coronavirus». Politico. Consultado em 17 de março de 2020 
  49. Julia Terruso (27 de março de 2020). «Pennsylvania just postponed its primary due to coronavirus. Here's what it means for voters and 2020 campaigns.». The Philadelphia Inquirer. Consultado em 27 de março de 2020 
  50. Yelena Dzhanova e Jacob Pramuk (23 de março de 2020). «Rhode Island is the latest state to postpone its 2020 primary as coronavirus outbreak spreads». CNBC 
  51. Meg Cunningham (28 de março de 2020). «New York presidential primary postponed amid record numbers of coronavirus cases». ABC News. Consultado em 28 de março de 2020 
  52. Villeneuve, Marina; Matthews, Karen; Hill, Michael (27 de abril de 2020). «New York Nixes Democratic Presidential Primary Due To Virus». WNBC. Consultado em 27 de abril de 2020 
  53. Ethan Cohen; Liz Stark; Caroline Kelly (5 de maio de 2020). «Judge rules New York Democratic presidential primary will take place as planned». CNN. Consultado em 6 de maio de 2020 
  54. Kate Riga (24 de março de 2020). «Maryland postpones April 28 primary election over coronavirus». Talking Points Memo. Consultado em 24 de março de 2020 
  55. «Delaware primary elections moved to July 7 due to COVID-19 pandemic». WPVI-TV. 7 de maio de 2020. Consultado em 7 de maio de 2020 
  56. Ken Dixon (17 de abril de 2020). «Connecticut's presidential primary will be delayed further by coronavirus: August 11». Connecticut Post. Consultado em 17 de abril de 2020 
  57. Hanna, John (30 de março de 2020). «Kansas Democrats voting by mail only in presidential primary». AP NEWS. Consultado em 10 de abril de 2020 
  58. Tony Azios (5 de junho de 2020). «Guam Democrats should vote in Saturday's Democratic caucus». Guam Daily Post. Consultado em 6 de junho de 2020 
  59. Chris Sikich (20 de março de 2020). «Indiana moves primary election to June 2». The Indianapolis Star. Consultado em 20 de março de 2020 
  60. Lacie Pierson (1 de abril de 2020). «Gov. Justice delays WV primary election until June 9». Charleston Gazette-Mail. Consultado em 2 de abril de 2020 
  61. Parks, Miles; Neely, Brett; Gringlas, Sam (16 de março de 2020). «Ohio And Kentucky Move To Postpone Primaries Amid Coronavirus Outbreak». NPR. Consultado em 16 de março de 2020 
  62. Johnson, Brent (8 de abril de 2020). «Murphy officially postpones N.J.'s primary elections to July due to coronavirus outbreak». NJ.com. Advance Local Media LLC 
  63. Brendon O'Connor e Dan Dixon (1 de julho de 2019). «Two dozen candidates, one big target: in a crowded Democratic field, who can beat Trump?». The Conversation. Consultado em 2 de março de 2020 
  64. Louis Jacobson (2 de maio de 2019). «The record-setting 2020 Democratic primary field: What you need to know». Politifact. Consultado em 2 de março de 2020 
  65. Camilo Montoya-Galvez (4 de maio de 2019). «Steve Bullock, Montana governor, announces he's running for president». CBS. Consultado em 2 de março de 2020 
  66. Amanda Mars (25 de abril de 2019). «Ex-vice-presidente Joe Biden anuncia candidatura às eleições dos EUA em 2020». El País. Consultado em 2 de março de 2020 
  67. «Michael Bloomberg se junta à corrida presidencial nos EUA». G1. 24 de novembro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  68. Ted Johnson (4 de março de 2020). «Michael Bloomberg Drops Out Of Presidential Race, Endorses Joe Biden». Deadline. Consultado em 4 de março de 2020 
  69. «Prefeito gay entra na disputa à Presidência dos EUA». AFP. Exame. 23 de janeiro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  70. «Pete Buttigieg deixa corrida do Partido Democrata à Presidência dos EUA». G1. 1 de março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  71. Jeff Zeleny, Abby Phillip e Dan Merica (3 de março de 2020). «Pete Buttigieg endorses Joe Biden». CNN. Consultado em 3 de março de 2020 
  72. «Senadora democrata Amy Klobuchar lança pré-candidatura para 2020 nos EUA». Uol. 10 de fevereiro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  73. «Amy Klobuchar desiste da candidatura e vai apoiar Joe Biden, diz imprensa dos EUA». G1. 2 de março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  74. Dan Merica, Kyung Lah, Jasmine Wright e Kate Sullivan (3 de março de 2020). «Amy Klobuchar ends 2020 presidential campaign and endorses Joe Biden». CNN. Consultado em 3 de março de 2020 
  75. «Bernie Sanders anuncia que irá concorrer à presidência dos EUA em 2020». G1. 19 de fevereiro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  76. «Bernie Sanders desiste de concorrer à presidência dos EUA». G1. 8 de abril de 2020. Consultado em 8 de abril de 2020 
  77. Kate Sullivan e Eric Bradner (14 de abril de 2020). «Bernie Sanders endorses Joe Biden for president». CNN. Consultado em 3 de junho de 2020 
  78. Danielle Brant (31 de dezembro de 2018). «Democrata Elizabeth Warren anuncia intenção de disputar Presidência em 2020». Folha de S. Paulo. Consultado em 2 de março de 2020 
  79. Joan E Greve e Martin Belam (5 de março de 2020). «Elizabeth Warren drops out of Democratic presidential race». The Guardian. Consultado em 5 de março de 2020 
  80. MJ Lee e Kate Sullivan (15 de abril de 2020). «Elizabeth Warren endorses Joe Biden for president». CNN. Consultado em 3 de junho de 2020 
  81. «Candidates». Federal Election Commission. 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  82. «Tom Steyer deixa corrida do Partido Democrata à Presidência dos EUA». G1. 29 de fevereiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  83. Amanda Péchy (12 de fevereiro de 2019). «Debandada: Deval Patrick é 3º democrata na semana a abandonar eleições». Veja. Consultado em 2 de março de 2020 
  84. Kate Sullivan (6 de março de 2020). «Joe Biden is endorsed by Deval Patrick, another former 2020 contender». CNN. Consultado em 6 de março de 2020 
  85. «Senador desiste de disputa presidencial democrata após primária em New Hampshire». Gazeta do Povo. 11 de fevereiro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  86. «Empresário Andrew Yang desiste de concorrer à indicação democrata para eleição presidencial». AFP. GaúchaZH. 11 de fevereiro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  87. Christina Zhao (10 de março de 2020). «ANDREW YANG ENDORSES JOE BIDEN FOR PRESIDENT». Newsweek. Consultado em 11 de março de 2020 
  88. Maggie Astor (31 de janeiro de 2020). «John Delaney Ends Presidential Campaign After Two and a Half Years». The New York Times. Consultado em 2 de março de 2020 
  89. J. Edward Moreno (6 de março de 2020). «John Delaney endorses Biden». The Hill. Consultado em 11 de março de 2020 
  90. «Eleições nos EUA: Senador Cory Booker desiste de corrida presidencial». G1. 13 de janeiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  91. «Biden recebe apoio de Cory Booker, senador que concorreu à nomeação do Partido Democrata». Associated Press. G1. 9 de março de 2020. Consultado em 11 de março de 2020 
  92. «Escritora desiste de disputar candidatura democrata à presidência dos EUA». Uol. 10 de janeiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  93. «Ex-secretário de Habitação de Obama, Julián Castro desiste de campanha presidencial nos EUA». G1. 2 de janeiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  94. Daniella Diaz e MJ Lee (6 de janeiro de 2020). «Julián Castro endorses Elizabeth Warren for president». CNN. Consultado em 2 de março de 2020 
  95. «Kamala Harris desiste de candidatura a presidente dos EUA». G1. 3 de dezembro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  96. Richard Luscombe (8 de março de 2020). «Kamala Harris endorses Joe Biden for president ahead of key contests». The Guardian. Consultado em 8 de março de 2020 
  97. «Steve Bullock tornou-se o 13º desistente na corrida à Casa Branca». Mundo ao Minuto. 2 de dezembro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  98. Sean Collins (1 de dezembro de 2019). «Joe Sestak, former congressman and admiral, ends his bid for president». Vox. Consultado em 2 de março de 2020 
  99. Rachel Frazin (20 de novembro de 2019). «Wayne Messam suspends Democratic presidential campaign». The Hill. Consultado em 2 de março de 2020 
  100. «Beto O'Rourke desiste de tentar candidatura democrata à presidência dos EUA». G1. 1 de novembro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  101. Rishika Dugyala (2 de março de 2020). «Beto O'Rourke endorses Biden». Politico. Consultado em 3 de março de 2020 
  102. «Tim Ryan desiste de tentar ser candidato democrata à presidência em 2020». Associated Press. G1. 24 de outubro de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  103. Quint Forgey (13 de novembro de 2019). «Rep. Tim Ryan endorses Biden in Democratic primary». Politico. Consultado em 2 de março de 2020 
  104. Rafael Balago (20 de setembro de 2019). «Crítico de Bolsonaro, prefeito de NY desiste de candidatura à Presidência dos EUA». Folha de S. Paulo. Consultado em 2 de março de 2020 
  105. Ryan Nobles e Gregory Krieg (15 de fevereiro de 2020). «Bill de Blasio endorses Bernie Sanders for president». CNN. Consultado em 2 de março de 2020 
  106. Dan Merica (29 de agosto de 2019). «Kirsten Gillibrand drops out of 2020 presidential race». CNN. Consultado em 2 de março de 2020 
  107. «Seth Moulton Drops Out Of The Race For President». WBZ-TV. 23 de agosto de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  108. Ben Kesling (27 de janeiro de 2020). «Rep. Seth Moulton Endorses Joe Biden for President». The Wall Street Journal. Consultado em 2 de março de 2020 
  109. «Mais um candidato democrata desiste de concorrer à presidência dos EUA». G1. 22 de agosto de 2019. Consultado em 2 de março de 2020 
  110. Jason Lalljee e Aamer Madhani (15 de agosto de 2019). «John Hickenlooper drops out of 2020 presidential race». USA Today. Consultado em 2 de março de 2020 
  111. Sabrina Siddiqui (8 de julho de 2019). «California congressman Eric Swalwell withdraws from 2020 presidential race». The Guardian. Consultado em 2 de março de 2020 
  112. «Biden, Joseph R Jr». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  113. «Gabbard, Tulsi». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  114. «Bernie 2020». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  115. «Bennet, Michael F.». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  116. «Bloomberg, Michael R.». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  117. «Booker, Cory A.». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  118. «Bullock, Steve». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  119. «Buttigieg, Pete». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  120. «Castro, Julian». Federal Election Commission. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  121. «De Blasio, Bill». Federal Election Commission. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  122. «Delaney, John K.». Federal Election Commission. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  123. «Gillibrand, Kirsten». Federal Election Commission. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  124. «Committee for Peace, Justice, and Mike Gravel». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  125. «Harris, Kamala D.». Federal Election Commission. Consultado em 3 de fevereiro de 2020 
  126. «Hickenlooper, John W.». Federal Election Commission. Consultado em 1 de fevereiro de 2020 
  127. «Klobuchar, Amy J.». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  128. «Inslee, Jay R». Federal Election Commission. Consultado em 25 de janeiro de 2020 
  129. «Messam, Wayne Martin». Federal Election Commission. Consultado em 23 de fevereiro de 2020 
  130. «Moulton, Seth». Federal Election Commission. Consultado em 3 de fevereiro de 2020 
  131. «O'Rourke, Robert Beto». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  132. «Patrick, Deval». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  133. «Ryan, Timothy J.». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  134. «Sestak, Joseph A JR». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  135. «Steyer, Tom». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  136. «Swalwell, Eric Michael». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  137. «Warren, Elizabeth». Federal Election Commission. Consultado em 22 de fevereiro de 2020 
  138. «Williamson, Marianne». Federal Election Commission. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  139. «Yang, Andrew Mr». Federal Election Commission. Consultado em 3 de fevereiro de 2020 
  140. a b «DNC announces framework for the 2020 Democratic presidential primary debates». Democratic National Committee. 20 de dezembro de 2018. Consultado em 3 de março de 2020 
  141. Tom Perez (11 de junho de 2018). «Climate Change and the 2020 Debates». Medium. Consultado em 3 de março de 2020 
  142. Paul Fahri (6 de março de 2019). «Democratic National Committee rejects Fox News for debates, citing New Yorker article». The Washington Post. Consultado em 3 de março de 2020 
  143. Ella Nielsen (11 de maio de 2019). «How DNC Chair Tom Perez plans to avoid the chaos of the GOP's 2016 debates». Vox. Consultado em 3 de março de 2020 
  144. Matt Laslo (7 de março de 2019). «Fox News is key to the 2020 election, whether liberals like it or not. Denying it a debate only hurts Democrats». NBC News. Consultado em 3 de março de 2020 
  145. Natalie Gontcharova (31 de maio de 2019). «Exclusive: DNC Requires Female Moderators At Every 2020 Debate». Refinery29. Consultado em 3 de março de 2020 
  146. Dominic Patten (27 de junho de 2019). «Democratic Debate Night 1 Gets 15.3M Viewers Across NBC, MSNBC & Telemundo; 9M Watch Via Streaming – Update». Deadline Hollywood. Consultado em 27 de junho de 2019 
  147. Alex Seitz-Wald (10 de maio de 2019). «First Democratic presidential debate set for Miami's Arsht Center, host NBC News announces». NBC News. Consultado em 13 de maio de 2019 
  148. Allan Smith. «NBC announces five moderators for first Democratic debate» (June 11, 2019). NBC News. Consultado em 11 de junho de 2019 
  149. Caitlin Oprysko (28 de junho de 2019). «Thursday's debate ratings shatter previous Dem record, NBC says». Politico. Consultado em 28 de junho de 2019 
  150. Todd Spangler (11 de junho de 2019). «Detroit's Fox Theatre will host Democratic presidential debates in July». Detroit Free Press. Consultado em 11 de junho de 2019 
  151. Li Zhou (30 de julho de 2019). «3 CNN correspondents will moderate the second Democratic debate». Vox. Consultado em 12 de fevereiro de 2020 
  152. Devan Cole (2 de abril de 2019). «CNN's 2020 Democratic debate set for July 30-31 in Detroit». CNN. Consultado em 13 de maio de 2019 
  153. Quint Forgey (1 de agosto de 2019). «Night 2 of Detroit Dem debates drew 10.7 million viewers, well below June ratings». Politico. Consultado em 20 de janeiro de 2020 
  154. Rick Porter. «TV Ratings: Third Democratic Debate Scores Big». The Hollywood Reporter. Consultado em 13 de setembro de 2019 
  155. Zach Despart (21 de julho de 2019). «TSU selected as site of September Democratic primary debate». Houston Chronicle. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  156. Li Zhou (12 de setembro de 2019). «These 4 ABC and Univision reporters will moderate the third Democratic debate in Texas». Vox. Consultado em 12 de fevereiro de 2020 
  157. Montellaro, Zach (27 de setembro de 2019). «October Democratic debate will be on one night». Politico. Consultado em 27 de setembro de 2019 
  158. Rick Porter. «TV Ratings: Fourth Democratic Debate Falls on CNN». The Hollywood Reporter. Consultado em 16 de outubro de 2019 
  159. Maggie Astor (13 de setembro de 2019). «The Times and CNN Will Host the Next Democratic Debate in Ohio». The New York Times. Consultado em 13 de setembro de 2019 
  160. Li Zhou (15 de outubro de 2019). «Journalists from CNN and the New York Times are tag-teaming this week's Democratic debate». Vox. Consultado em 12 de fevereiro de 2020 
  161. Galloway, Jim (25 de outubro de 2019). «Democratic presidential debate on Nov. 20 headed for Tyler Perry's studio complex». The Atlanta Journal-Constitution. Consultado em 25 de outubro de 2019 
  162. Brian Stelter (21 de novembro de 2019). «MSNBC's Democratic debate was the least-watched so far». CNN. Consultado em 23 de novembro de 2019 
  163. Jim Galloway; Greg Bluestein; Tia Mitchell (11 de novembro de 2019). «The Jolt: Democratic presidential candidates will debate in the Oprah Winfrey sound stage». The Atlanta Journal-Constitution. Consultado em 14 de novembro de 2019 
  164. Dareh Gregorian (23 de outubro de 2019). «MSNBC names four renowned female journalists as moderators for November debate». NBC News. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  165. Grace Panetta (17 de dezembro de 2019). «Here's who will be onstage for Thursday's Democratic debate co-hosted by PBS NewsHour and Politico, what time it starts, and how to watch». Business Insider-US. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  166. Rick Porter. «Sixth Democratic Debate Hits Ratings Low for 2020 Cycle». The Hollywood Reporter. Consultado em 21 de dezembro de 2019 
  167. Quint Forgey (8 de novembro de 2019). «New venue announced for December Democratic debate in Los Angeles». Politico. Consultado em 8 de novembro de 2019 
  168. Ted Johnson (27 de novembro de 2019). «PBS & Politico Announce Moderators For Next Democratic Debate». Deadline Hollywood. Consultado em 27 de novembro de 2019 
  169. «Des Moines Register, CNN moderators announced for Tuesday's Democratic presidential debate». USA Today. 8 de janeiro de 2020. Consultado em 11 de janeiro de 2020 
  170. Will Thorne (15 de janeiro de 2020). «Seventh Democratic Debate Draws 7.3 Million Viewers on CNN, Beating Previous Two». Variety. Consultado em 15 de janeiro de 2020 
  171. a b c Montellaro, Zach (12 de dezembro de 2019). «DNC announces 2020 debates in four early states». Politico. Consultado em 12 de dezembro de 2019 
  172. Jared Bernstein (12 de dezembro de 2019). «7th Democratic Presidential Debate at Drake University». Drake University: University Calendar. Consultado em 12 de janeiro de 2020 
  173. Kyle Blaine (8 de janeiro de 2020). «CNN announces moderators for Iowa Democratic debate». CNN. Consultado em 8 de janeiro de 2020 
  174. a b Kendall Karson (22 de janeiro de 2020). «ABC News announces moderators for February Democratic debate». ABC News. Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  175. Ted Johnson (8 de fevereiro de 2020). «Democratic Debate Viewership Rises Slightly To 7.86 Million, ABC News Says». Deadline. Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  176. Laura Lemire, Alexis Soucy (28 de janeiro de 2020). «Saint Anselm College to Host New Hampshire's Only Democratic Presidential Primary Debate». Saint Anselm College. Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  177. a b c Allan Smith (6 de fevereiro de 2020). «NBC News, MSNBC announce 5 moderators for Democratic debate in Las Vegas». NBC News. Consultado em 5 de fevereiro de 2020 
  178. Rick Porter (20 de fevereiro de 2020). «TV Ratings: Ninth Democratic Debate Breaks Viewer Record for Party». The Hollywood Reporter. Consultado em 20 de fevereiro de 2020 
  179. «Democratic Debate Snags Record 20 Million Viewers: NBC». Reuters. 20 de fevereiro de 2020. Consultado em 20 de fevereiro de 2020 
  180. Yelena Dzhanova (20 de fevereiro de 2020). «Bloomberg's addition to the Democratic debate stage leads to record viewership». CNBC. Consultado em 20 de fevereiro de 2020 
  181. Zach Montellaro (15 de fevereiro de 2020). «DNC announces debate qualification rules for South Carolina». Politico. Consultado em 15 de fevereiro de 2020 
  182. Ted Johnson. «Democratic Debate Again Draws Big Ratings As CBS Draws 15.3 Million Viewers — Update». Deadline. Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  183. a b «CBS News announces moderators for South Carolina Democratic debate». CBS News. 24 de fevereiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  184. Zach Montellaro (14 de fevereiro de 2020). «Dems will hold mid-March debate in Arizona». Politico. Consultado em 14 de fevereiro de 2020 
  185. Michael M. Grynbaum (16 de março de 2020). «A Drop in TV Ratings for a Democratic Debate Praised for Its Substance». The New York Times. Consultado em 16 de março de 2020 
  186. a b «Democratic debate moved from Arizona to Washington, DC, over coronavirus concerns, DNC announces». CNN. 12 de março de 2020. Consultado em 12 de março de 2020 
  187. Rich Barlow (7 de junho de 2016). «Alums Accurately, Fanatically, Cover Presidential Race». BU Today. Consultado em 3 de março de 2020 
  188. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Iowa Democrat». The Green Papers. Março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  189. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: New Hampshire Democrat». The Green Papers. 15 de fevereiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  190. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Nevada Democrat». The Green Papers. 28 de fevereiro de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  191. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: South Carolina Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 2 de março de 2020 
  192. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Alabama Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  193. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Arkansas Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  194. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: California Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  195. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: North Carolina Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  196. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Colorado Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  197. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Maine Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  198. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Massachusetts Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  199. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Minnesota Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  200. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Oklahoma Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  201. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: American Samoa Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  202. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Tennessee Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  203. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Texas Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  204. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Utah Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  205. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Vermont Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  206. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Virginia Democrat». The Green Papers. 3 de março de 2020. Consultado em 9 de março de 2020 
  207. «The 2020 Global Presidential Primary Results Are In!». Democrats Aboard. 23 de março de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  208. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: North Dakota Democrat». The Green Papers. 21 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  209. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Idaho Democrat». The Green Papers. 15 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  210. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Michigan Democrat». The Green Papers. 7 de maio de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  211. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Mississippi Democrat». The Green Papers. 7 de maio de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  212. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Missouri Democrat». The Green Papers. 23 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  213. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Washington Democrat». The Green Papers. 23 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  214. «NMI Democrats thank supporters, postpone upcoming events». Marianas Variety. 19 de março de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  215. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Arizona Democrat». The Green Papers. 27 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  216. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Florida Democrat». The Green Papers. 29 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  217. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Illinois Democrat». The Green Papers. 27 de maio de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  218. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Wisconsin Democrat». The Green Papers. 12 de maio de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  219. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Alaska Democrat». The Green Papers. 11 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  220. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Wyoming Democrat». The Green Papers. 19 de abril de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  221. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Ohio Democrat». The Green Papers. 5 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  222. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Kansas Democrat». The Green Papers. 3 de maio de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  223. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Nebraska Democrat». The Green Papers. 5 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  224. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Oregon Democrat». The Green Papers. 5 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  225. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Hawaii Democrat». The Green Papers. 27 de maio de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  226. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: South Dakota Democrat». The Green Papers. 11 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  227. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: District of Columbia Democrat». The Green Papers. 18 de junho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  228. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Indiana Democrat». The Green Papers. 7 de setembro de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  229. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Maryland Democrat». The Green Papers. 5 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  230. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Montana Democrat». The Green Papers. 19 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  231. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: New Mexico Democrat». The Green Papers. 19 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  232. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Pensylvannia Democrat». The Green Papers. 20 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  233. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Rhode Island Democrat». The Green Papers. 6 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  234. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Guam Democrat». The Green Papers. 6 de junho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  235. Tal Axelrod (8 de junho de 2020). «Biden wins Virgin Islands caucuses». The Hill. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  236. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Georgia Democrat». The Green Papers. 5 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  237. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: West Virginia Democrat». The Green Papers. 19 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  238. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Kentucky Democrat». The Green Papers. 25 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  239. «NEW YORK STATE PRIMARY RESULTS». NY1. 23 de junho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  240. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Delaware Democrat». The Green Papers. 19 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  241. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: New Jersey Democrat». The Green Papers. 10 de agosto de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  242. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Louisiana Democrat». The Green Papers. 24 de agosto de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  243. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Puerto Rico Democrat». The Green Papers. 21 de julho de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  244. «2020 Presidential Primaries, Caucuses, and Conventions: Connecticut Democrat». The Green Papers. 24 de agosto de 2020. Consultado em 17 de setembro de 2020