Margaret Thatcher: vida, na política, morte - Mundo Educação
Whatsapp icon Whatsapp

Margaret Thatcher

Margaret Thatcher foi uma política, advogada e química britânica, conhecida por ter sido primeira-ministra do Reino Unido entre os anos de 1979 e 1990.
Margareth Thatcher no ano de 2007, com a aparência mais envelhecida.
Margaret Thatcher foi uma das grandes defensoras dos ideais ultraliberais no século XX. [1]

Margaret Thatcher foi uma política britânica, um dos grandes nomes da política do Reino Unido no século XX. Ficou marcada por suas posições ultraliberais e ações intransigentes, sempre defendendo políticas de austeridade econômica e privatizações. Foi impopular entre os trabalhadores por suas posições.

A britânica, além de política, foi, durante período limitado, química e advogada. Foi primeira-ministra do Reino Unido entre 1979 e 1990, recebendo o apelido de “dama de ferro”. Foi criticada por ser próxima de ditadores, como Augusto Pinochet, e por apoiar regimes segregacionistas, como o Apartheid.

Leia também: Elizabeth II — sucessora improvável do trono britânico que teve o reinado mais longo de sua história

Resumo sobre Margaret Thatcher

  • Margaret Thatcher foi uma das grandes políticas britânicas do século XX.

  • Era defensora de ideais ultraliberais, como privatizações em massa e imposição de políticas de austeridade.

  • Ela nasceu em Grantham, vinda de uma família de classe média.

  • Ingressou na política em 1959 e permaneceu na vida pública até 2002.

  • Foi primeira-ministra do Reino Unido de 1979 a 1990.

Videoaula sobre Margaret Thatcher

Nascimento e juventude de Margaret Thatcher

Margaret Hilda Roberts (o sobrenome Thatcher foi adicionado depois que ela se casou) nasceu em Grantham, Inglaterra, no dia 13 de outubro de 1925. Ela fazia parte de uma família de classe média e cresceu em um ambiente familiar estável. O pai de Margaret se chamava Alfred Roberts e ele era dono de um mercado e de uma tabacaria em Grantham.

Alfred também era pastor metodista e atuava na política local de Grantham, sendo vereador daquela cidade por muitos anos e também eleito para o cargo de prefeito local. Já a mãe de Margaret se chamava Beatrice Ethel Stephenson e era dona de casa, embora também auxiliasse o marido nos negócios que eles mantinham.

Margaret estudou em escolas locais de Grantham, sendo conhecida como uma aluna obstinada e dedicada. A juventude de Margaret ficou marcada por dois grandes interesses: as ciências e a política, sendo que este último provavelmente foi herdado de seu pai. O seu interesse pelas ciências levou Margaret a se matricular em Oxford.

Na Universidade de Oxford, ela lecionou Química entre os anos de 1943 e 1947, período no qual foi conhecida como uma estudante séria. Ela também estreitou sua ligação com a política ao participar de uma associação de estudantes conservadores, chegando a ser presidente dessa associação por um tempo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ingresso de Margaret Thatcher na política

Depois de concluir o seu curso em Oxford, Margaret trabalhou como química em uma indústria que produzia plástico. Ela permaneceu nesse ramo por pouco tempo e logo decidiu dedicar os seus esforços para conquistar espaço na política inglesa. Para isso, ela filiou-se ao Partido dos Conservadores e candidatou-se às eleições.

Ela se candidatou para as eleições de 1950 e 1951, sendo derrotada em ambas. Recebeu o apoio de sua família e, durante as campanhas, conheceu Denis Thatcher, com quem se casou em dezembro de 1951 e de quem herdou o sobrenome. Logo depois, Thatcher especializou-se em Direito e começou a atuar como advogada ao mesmo tempo que trabalhava para se tornar política.

Thatcher elegeu-se como membro do Parlamento somente em 1959, quando saiu como vencedora no distrito de Finchley. Isso porque ela ficou alguns anos ausente da política, pois estava dedicando-se aos cuidados de seus filhos, nascidos em 1953. Quando ingressou no Parlamento, Thatcher ficou reconhecida como a pessoa mais nova a ocupar um assento naquela instituição.

A partir desse momento, Thatcher deu início à sua ascensão política até 1970, participando de importantes projetos da política local. Em 1970, ela foi nomeada por Edward Heath, então primeiro-ministro, para assumir o cargo de secretária da Educação e Ciência, o mais importante de sua carreira política até então.

À frente da função, Thatcher ficou marcada por ter conduzido uma campanha que encerrou a distribuição de leite para os alunos ingleses com idade entre sete e 11 anos. O objetivo disso era economizar dinheiro público, e essa decisão foi extremamente impopular, ficando Thatcher conhecida como “ladra do leite”.

Em 1975, Thatcher tornou-se líder da oposição enquanto membro do Partido Conservador, passando a ser uma das figuras políticas mais conhecidas do Reino Unido. O insucesso do governo trabalhista no final da década de 1970 deu força para que os conservadores retomassem o poder britânico.

Veja também: Winston Churchill — primeiro-ministro que liderou o Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial

Margaret Thatcher no cargo de primeira-ministra

Em 1979, o Partido Conservador saiu vencedor nas eleições gerais, obtendo a maior parte dos assentos no Parlamento britânico. Isso permitiu que Thatcher fosse nomeada primeira-ministra do Reino Unido em 4 de maio de 1979. A gestão de Thatcher enquanto primeira-ministra ficou marcada pela adesão aos valores ultraliberais que ela defendia.

Thatcher defendia uma série de princípios do liberalismo, sendo considerada um dos grandes expoentes do neoliberalismo, tendência econômica que vigorou no planeta entre as décadas de 1980 e 1990. Thatcher era defensora das privatizações e da redução da legislação que regulava o mercado, era favorável à redução dos impostos (sobretudo dos mais ricos) etc.

Margaret Thatcher enfrentou problemas para lidar com o desemprego e o crescimento da inflação. Contudo, a popularidade de Thatcher cresceu consideravelmente diante do envolvimento do país com a Guerra das Malvinas, um conflito travado entre ingleses e argentinos pelo controle das Malvinas (Falklands, para os ingleses).

Busto de Margaret Thatcher sobre uma pedra, nas Ilhas Malvinas, um tributo dos ingleses.
Margaret Thatcher foi um importante nome no conflito entre ingleses e argentinos pelo controle das Ilhas Malvinas. [2]

Durante os seus mandatos, Thatcher ficou conhecida como “dama de ferro” por assumir uma posição intransigente contra os seus opositores políticos. Um desses opositores foram os trabalhadores ingleses.

Em 1984 e 1985, ela enfrentou uma grande greve de trabalhadores mineradores. Isso aconteceu porque o governo dela havia anunciado que fecharia minas de carvão e privatizaria outras tantas. Essa medida foi vista pelos trabalhadores como temerosa, porque eles perderiam os seus empregos e, assim, decidiram entrar em greve. Thatcher recusou-se a negociar com os trabalhadores, e a greve se estendeu por vários meses, causando um prejuízo gigantesco para a economia britânica.

Ao final, Thatcher obteve uma enorme vitória política. A greve foi encerrada pelos trabalhadores sem que eles recebessem nada pelo fim da paralisação. Thatcher pôde conduzir o fechamento de minas de carvão e conseguiu enfraquecer consideravelmente o movimento de trabalhadores no Reino Unido.

Ela ainda recebeu críticas por manter relações amigáveis com Augusto Pinochet, que comandava a ditadura militar no Chile, e com o governo da África do Sul, que mantinha o regime de Apartheid localmente. O Apartheid foi um regime de segregação racial que os negros sofreram no país.

Saiba mais: Ronald Reagan — presidente dos EUA que ficou conhecido por sua postura conservadora e neoliberal

Morte de Margaret Thatcher

Em 1990, os conservadores foram derrotados nas eleições gerais, e Thatcher perdeu o posto de primeira-ministra. Ela seguiu na vida pública do Reino Unido até o ano de 2002, quando se aposentou por motivos de saúde. A saúde dela deteriorou-se ao longo dos anos, e em 8 de abril de 2013, ela faleceu devido a um derrame.

Créditos das imagens

[1] Alessia Pierdomenico / Shutterstock

[2] Sandra Ophorst / Shutterstock 

Publicado por Daniel Neves Silva
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Apartheid
Acesse para conhecer mais sobre o que foi o Apartheid, regime de segregação racial que existiu na África do Sul. Entenda como foi instalado e como se encerrou.
Augusto Pinochet
Saiba mais detalhes sobre a vida do general Augusto Pinochet, responsável por liderar o golpe militar que iniciou uma ditadura no Chile.
Elena Gala, musa de Dalí
Conheça a biografia de Elena Gala e seu relacionamento com Salvador Dalí.
Elizabeth II
Clique aqui e saiba sobre a vida de Elizabeth II, a monarca mais longeva da história da coroa britânica. Ela foi rainha do Reino Unido até seu falecimento, em 2022.
Joana d’Arc
Acesse e veja algumas informações acerca da vida de Joana d’Arc, camponesa que lutou em defesa dos franceses na Guerra dos Cem Anos.
Liberalismo
Clique aqui para entender o conceito de liberalismo, a sua história e as aplicações do liberalismo nos campos político e econômico.
Movimento feminista
Os protestos e causas que marcam a transformação do papel exercido pela mulher.
Mulheres na Mesopotâmia
Veja aqui como as diferentes formas de se vestir das mulheres na Mesopotâmia segregavam-nas e ressaltavam as diferenças sociais que existiam no mundo antigo.
Neoliberalismo
Clique aqui para entender o que é neoliberalismo, como surgiu, quais são as suas aplicações e quais as críticas possíveis sobre essa doutrina econômica.
Rainha Vitória e o apogeu do Império Britânico
Com a influência política e comportamental, a rainha Vitória emprestou seu nome a uma era de fortalecimento do imperialismo britânico.
Ronald Reagan
Saiba mais sobre a vida de Ronald Reagan, presidente norte-americano na década de 1980.
Tin Hinan e as mulheres tuaregues
Conheça a história de Tin Hinan e o papel cumprido pelas mulheres entre os tuaregues.
video icon
Texto" Matemática do Zero | Polígonos regulares e irregulares" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Polígonos regulares e irregulares
Nessa aula veremos o que é um polígono, nomenclaruta de um polígono e como classificá-lo em regular e irregular.