Richarlyson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o futebolista nascido em 1982. Para o futebolista nascido em 1997, veja Richarlison de Andrade.
Richarlyson
Richarlyson
Richarlyson pelo São Paulo.
Informações pessoais
Nome completo Richarlyson Barbosa Felisbino
Data de nasc. 27 de dezembro de 1982 (39 anos)
Local de nasc. Natal, Rio Grande do Norte, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,76 m
canhoto
Apelido Ricky
Informações profissionais
Período em atividade 2003–2021 (18 anos)
Clube atual Aposentado
Posição Ex-volante e lateral-esquerdo
Clubes de juventude
1998–2001
2001–2003
Ituano
SE São Luiz
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003
2003–2005
2005
2005–2010
2011–2014
2014–2015
2015
2016
2016
2017
2018
2019
2019
2020
2021
2021
Fortaleza
Salzburg
Santo André
São Paulo
Atlético Mineiro
Vitória
Chapecoense
Grêmio Novorizontino
FC Goa
Guarani
Cianorte
Noroeste
Campinense
Noroeste
America-RJ
Noroeste
0016 00000(1)
0027 00000(2)
0033 00000(9)
0147 00000(6)
0122 00000(3)
0027 00000(1)
0014 00000(0)
0005 00000(1)
0012 00000(1)
0022 00000(1)
0013 00000(1)
0016 00000(1)
0002 00000(0)
0011 00000(2)
0007 00000(1)
0011 00000(1)
Seleção nacional
2008 Brasil 0002 00000(0)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 10 de janeiro de 2022.

Richarlyson Barbosa Felisbino, mais conhecido como Richarlyson (Natal, 27 de dezembro de 1982) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como volante e lateral-esquerdo. Atualmente é comentarista esportivo do Grupo Globo.[1][2]

Chegou a aposentar-se em dezembro de 2014, revoltado com a arbitragem do esporte no país,[3] mas voltou atrás de sua decisão. É filho do ex-jogador Lela, ponta-direita que foi campeão brasileiro pelo Coritiba em 1985, e irmão do atacante Alecsandro.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Borges e Richarlyson em um treinamento pelo São Paulo.

Foi por 3 vezes campeão brasileiro pelo clube. Após a 4ª expulsão do jogador no Campeonato Brasileiro 2010, a diretoria do São Paulo disse que o contrato de Richarlyson não seria renovado após o técnico Paulo César Carpegiani demonstrar insatisfação pública com o alto número de expulsões do jogador[5], e assim ele ficou livre para acertar com outro clube. O Fluminense demonstrou interesse em contratá-lo,[6] porém o jogador acertou com o Atlético Mineiro por R$ 2 milhões.[7]

Atlético Mineiro[editar | editar código-fonte]

Richarlyson assinou com o Clube Atlético Mineiro em janeiro de 2011, o vínculo do contrato era de 2 anos.[8] Só foi mostrar um bom futebol no fim do seu contrato, quando marcou um gol na penúltima rodada do Brasileirão de 2012, contra o Botafogo, e foi importante na vitória do Atlético sobre o seu rival Cruzeiro na ultima rodada, que garantiu ao Galo uma vaga direta para a Libertadores 2013.

Depois de boa atuação na vitória diante do Cruzeiro, na última rodada do Brasileirão de 2012, o jogador, que estava perto de se transferir ao Santos, renovou seu contrato com o Galo por mais uma temporada.[9] Ficou no Atlético até o primeiro semestre de 2014.[10]

Vitória[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2014, assinou contrato com o Vitória.[11] Após o termino do Campeonato Brasileiro, com o Vitória caindo para a 2° divisão, o jogador anunciou ter se aposentado do futebol, por insatisfação com a arbitragem.[12]

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Desistiu da ideia da aposentadoria, e, para a temporada de 2015, acertou com a Chapecoense.[13]

Guarani[editar | editar código-fonte]

Após jogar o resto do ano de 2016 no Goa da Índia, foi contratado para reforçar o Guarani que iria disputar a série B em 2017.[14]

Cianorte[editar | editar código-fonte]

Em 2018, foi contratado pelo Cianorte Futebol Clube para o campeonato paranaense e a Copa do Brasil[15]. Deixou o clube após o campeonato estadual.[16]

Noroeste[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2018, foi contratado e anunciado pelo Esporte Clube Noroeste para o Campeonato Paulista da Série A3. O jogador foi apresentado no clube paulista com o seu pai Lela, que teve grande passagem pelo clube noroestino.

Marcou seu primeiro gol com o manto noroestino na 11ª rodada do Campeonato Paulista Série A3 2019 em partida contra o Audax em Osasco. A partida terminou em 1–1.

America-RJ[editar | editar código-fonte]

Em 19 de dezembro de 2020, é anunciado como mais novo reforço do America-RJ para disputa da seletiva do campeonato carioca de 2021.[17]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Teve sua primeira convocação para a seleção brasileira no dia 22 de janeiro de 2008, para um amistoso contra a Irlanda. A partida ocorreu em 6 de fevereiro, Richarlyson começou como titular, e o Brasil venceu por 1–0, gol de Robinho.[18]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2017 foi confirmado como participante da primeira temporada do talent show Dancing Brasil exibido pela RecordTV.[19]

Em março de 2020 foi confirmado como participante da primeira temporada do reality show Made In Japão exibido pela RecordTV, em que foi campeão.[20]

Em 10 de janeiro de 2022, foi anunciado como novo comentarista do Grupo Globo.[1][2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Richarlyson participando de um carnaval em Salvador, na Bahia.

Em junho de 2022, Richarlyson se assumiu bissexual em entrevista ao podcast Nos Armários dos Vestiários. Isso fez dele o primeiro jogador abertamente LGBT a ter jogado pela seleção brasileira de futebol masculino e na primeira divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol.[21][22][23][24]

Em entrevista ele declarou que: "Eu acho que é desnecessário às vezes você se rotular. Tem uma questão mais importante, tem gente morrendo, o Brasil é o país que mais mata homossexuais. [...] Eu não queria ser pautado por causa da minha sexualidade, de eu ser bissexual. Eu queria que as pessoas me vissem como espelho por tudo aquilo que conquistei dentro do meu trabalho".[22]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ituano
Santo André
São Paulo
Atlético Mineiro

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Richarlyson é o novo comentarista da Globo: "Uma nova vida"». ge. Consultado em 11 de janeiro de 2022 
  2. a b colunista, GABRIEL VAQUER (10 de janeiro de 2022). «Sete meses após teste, Globo contrata ex-jogador Richarlyson como comentarista». Notícias da TV. Consultado em 11 de janeiro de 2022 
  3. «Richarlyson chora, confirma aposentadoria e reforça mágoa com arbitragem». 7 dez. 2014. Consultado em 8 dez. 2014 
  4. «Lela, Alecsandro e Richarlyson: Origens conta a história da "família da bola"». www.band.uol.com.br. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  5. «Após 4ª expulsão, Carpegiani não defende mais Richarlyson». Terra. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  6. «Diretoria confirma que Richarlyson não vai continuar no Tricolor em 2011». Globo.com. Globoesporte.globo.com. 23 de novembro de 2010 
  7. «Clube Atlético Mineiro». www.atletico.com.br. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  8. «Atlético-MG anuncia contratação de Richarlyson | De Letra». Tribuna do Paraná. 17 de dezembro de 2010. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  9. Horizonte, Por GLOBOESPORTE COM Belo. «Richarlyson renova com o Atlético- MG por mais uma temporada». globoesporte.com. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  10. Fern, Por; Paulo, o Martins Y. MiguelSão. «Recuperado, Richarlyson deixa o Galo, que também deve liberar Rosinei». globoesporte.com. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  11. Glauber Guerra (11 de junho de 2014). «Richarlyson acerta com o Vitória e se apresenta na segunda-feira para realizar exames médicos». Bahia Notícias. Consultado em 11 de junho de 2014 
  12. TV/Reprodução. «Richarlyson chora e confirma aposentadoria após queda». Hoje em Dia. Consultado em 13 de dezembro de 2021 
  13. Richarlyson desiste de aposentadoria e acerta com Chapecoense
  14. «Com bombas no Brinco, Richarlyson se apresenta e diz: "Vão me aplaudir depois"». Globoesporte 
  15. Cianorte anuncia a contratação de Richarlyson Tribuna do Paraná
  16. Cianorte anuncia a saída de Richarlyson antes da Série D: "Ficou um pouco caro"
  17. «Richarlyson, ex-São Paulo e Guarani, acerta com clube carioca para 2021». Agência Futebol Interior. 19 de dezembro de 2020. Consultado em 20 de dezembro de 2020 
  18. Globo.com. Globoesporte.globo.com http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Selecao_Brasileira/0,,MUL269753-4482,00.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  19. Veja os participantes do ‘Dancing Brasil’, reality de dança da Record TV: Veja os participantes do ‘Dancing Brasil’, reality de dança da Record TV, accessdate: February 25, 2017
  20. «Richarlyson ganha o Made in Japão e a web se divide: "Sorte que o vencedor não é escolhido pelo público"» 
  21. «Ex-jogador da seleção, Richarlyson declara ser bissexual». www.uol.com.br. Consultado em 24 de junho de 2022 
  22. a b «Pelo direito de ser quem é: Richarlyson declara bissexualidade em podcast inédito sobre homofobia no futebol». ge. Consultado em 24 de junho de 2022 
  23. «"Richarlyson es bisexual": el primer jugador de la selección de fútbol de Brasil que sale del armario». El Español (em espanhol). 24 de junho de 2022. Consultado em 24 de junho de 2022 
  24. «Richarlyson, ex-international brésilien, fait son coming-out et annonce sa bisexualité». L'Équipe (em francês). Consultado em 24 de junho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Richarlyson