Estudar no Reino Unido? Propinas financiadas a 100% para portugueses

Meteorologia

  • 01 AGOSTO 2021
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Estudar no Reino Unido? Propinas financiadas a 100% para portugueses

As candidaturas irão decorrer no próximo mês de julho.

Estudar no Reino Unido? Propinas financiadas a 100% para portugueses

A 'OK Estudante' informou, esta sexta-feira, que criou, em parceria com a Coventry University, uma oportunidade para estudantes portugueses integrarem com propinas 100% financiadas no ensino superior britânico.

"A decorrer já no próximo mês de julho, a oferta de cursos disponíveis inclui alguns dos cursos mais procurados, como são exemplo Biomedical Science, Business Management, Computer Science, Digital Marketing, International Relations, International Relations, Mechanical Engineering, Psychology e Aviation Management", esclarece a entidade, em comunicado. 

A ideia destas bolsas surgiu após a formalização da saída do Reino Unido, através do Brexit, que originou uma série de mudanças na relação com a União Europeia (UE), designadamente, no que diz respeito ao fim do programa Student Finance, o processo de financiamento das propinas para estudantes da UE.

Perante esta alteração, a OK Estudante juntou-se à Coventry University para garantir que os alunos portuguesas continuem a ter hipóteses de estudar no Reino Unido. Este programa de financiamento continua, assim, a ser promovido pelo governo britânico e permite a qualquer jovem europeu realizar os seus estudos numa universidade britânica, sem pagar propinas durante a frequência do curso.

"Fatores como a componente mais prática dos cursos, possibilidade de trabalhar enquanto estudam, maior flexibilidade nos requisitos de entrada e a possibilidade de ingressarem num dos sistemas mais prestigiados a nível global funcionam como um grande atrativo para os estudantes prosseguirem os estudos no Reino Unido. (...) Este período de ingresso permitirá que os estudantes iniciem as aulas online a partir de julho através da frequência de um módulo introdutório, transitando para os respetivos cursos em modo de ensino presencial a partir de setembro, no arranque do ano letivo 2021", sublinhou João Cacelas, Diretor da OK Estudante, na referida nota. 

Mais informações e formalização de candidaturas aqui

Leia Também: Universidade de Coimbra lança Plano para a Igualdade e Diversidade

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório