PIB dos países da OCDE registra alta de 0,4% no 4º tri de 2023 | Mundo | Valor Econômico
Group CopyGroup 5 CopyGroup 13 CopyGroup 5 Copy 2Group 6 Copy
PUBLICIDADE

Por Valor — São Paulo

O PIB dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) registrou alta de 0,4% no 4º trimestre do ano passado, enquanto números iniciais estimam que o crescimento da economia nos países do grupo em 2023 foi de 1,6% – uma desaceleração em relação à alta de 2,9% de 2022.

O resultado dos últimos três meses do ano passado representa uma desaceleração em relação ao 3º trimestre, quando os países da OCDE registraram alta de 0,5%. O dado foi afetado por desempenhos distintos entre os países, como o Reino Unido, que registrou queda de 0,3% no período, e os Estados Unidos, que tiveram alta de 0,8%.

Dos 27 países que compõem a OCDE, 10 registraram contração no PIB, enquanto apenas 3 tiveram um desempenho melhor em 2023 do que em 2022: Costa Rica, EUA e Japão.

Mais recente Próxima UE deve impor sanções contra empresas indianas e chinesas ligadas à Rússia

Agora o Valor Econômico está no WhatsApp!

Siga nosso canal e receba as notícias mais importantes do dia!

Mais do Valor Econômico

Assemblei foi suspensa a pedido da companhia e de seus principais credores para realização de novas rodadas de discussão dos termos e condições do plano de recuperação judicial das recuperandas

Ebitda ficou em R$ 2,427 bilhões no último trimestre do ano passado, aumento de 16,2% sobre o Ebitda de R$ 2,088 bilhões no mesmo período de 2022

Equatorial Energia tem lucro líquido de R$ 990 milhões no 4º trimestre de 2023, aumento de 28,4%

Ebitda ficou negativo em R$ 9,9 milhões no último trimestre do ano passado, ante Ebitda negativo de R$ 0,1 milhão no mesmo período de 2022

Prejuízo da Mobly aumenta 25,6% no 4º trimestre de 2023, para R$ 21,168 milhões

A última debandada, de US$ 8,5 bi no Texas, ocorre depois que a gestora de ativos tentou fazer incursões no Estado republicano

FT: Fundos retiram US$ 13,3 bi da BlackRock em campanha anti-ESG

A empresa reverteu um lucro de R$ 17,8 milhões, registado em igual período de 2022

Movida reverte lucro e tem prejuízo de R$ 588 milhões no 4º trimestre