Shows, feriado e eventos globais: o festão de 70 anos de reinado de Elizabeth II

Shows, feriado e eventos globais: o festão de 70 anos de reinado de Elizabeth II

Britain's Queen Elizabeth II meets staff of the Crossrail project, and Elizabeth Line staff, at Paddington station in London, to mark the completion of London's Crossrail project, Tuesday, May 17, 2022. (Andrew Matthews/Pool via AP)
Rainha Elizabeth II completará 70 anos como monarca em 2022. (Foto: Andrew Matthews/Pool via AP)

Resumo da Notícia:

  • Rainha Elizabeth II completará como monarca do Reino Unido e países membros da Commonwealth

  • O Palácio de Bukingham fará cinco dias de festa para celebrar a data com direito a feriado em Londres

  • Antes do fim de semana de junho, membros da realeza irão viajar o mundo celebrando a data

A mais longeva rainha do Reino Unido comemora 70 anos com a coroa na cabeça em junho, mas as comemorações já começaram. Desde meados de maio a monarquia britânica já começou as celebrações do jubileu de platina da rainha Elizabeth II.

Oficialmente ela bateu a marca em fevereiro, que é quando foi empossada rainha após a morte precoce do pai. Por conta do luto real a cerimônia de coroação, com toda a pompa que ela merece, só aconteceu um ano depois, em 1953, e em junho, para coincidir com o aniversário de sua majestade e o Verão.

Este ano os festejos acontecerão em todo o Reino Unido e países membros da Commonwealth, que ela é soberana, estão marcados para o fim de semana que vai do dia 2 ao dia 5 de junho. No dia 3 de junho haverá um feriado na Inglaterra para proporcionar que todos os súditos possam aproveitar.

A agenda

No dia 4 será comemorado o aniversário de sua alteza com o tradicional desfile militar Trooping the Colour. Mais de 1.400 soldados, 200 cavalos e cavaleiros, 400 músicos e a esquadrilha da fumaça britânica vão percorrer os arredores do Palácio de Buckingham. Toda a família real seguirá o cortejo em carruagens históricas e carros militares. Dentro do palácio a monarquia se reúne para festejar os 96 anos da monarca.

A sexta-feira será o dia em que a líder da igreja anglicana vai receber a família toda para uma missa especial na catedral de Saint Paul. Harry e Meghan são os mais esperados, mas a imprensa oficial acredita que só o neto da rainha irá comparecer.

Também é uma dúvida a presença do polêmico Andrew, terceiro filho de Elizabeth. Após ser processado por estupro de menor nos Estados Unidos, a rainha retirou todos os títulos que ele tinha, inclusive o direito de ser chamado de Alteza, e desde então ele não foi mais visto publicamente.

Fora dos muros os súditos são convidados a comemorar e aproveitar o feriado nacional. O dia promete ter várias festas particulares em clubes da cidade com o tema real.

O sábado será muito especial para a rainha. Ela assistirá uma corrida especial de cavalos, uma das coisas que mais gosta de fazer, no hipódromo de Epsom. De noite começa a ‘Festa de Platina no Palácio’, que contará com shows de: Queen + Adam Lambert, Jax Jones, Mabel, Stefflon Don, Elbow, Craig David, George Ezra, Lord Andrew Lloyd Webber, Mimi Webb, Lin-Manuel Miranda, Sir Elton John, Diversity, Sam Ryder, Sir Rod Stewart, Andrea Bocelli, Duran Duran, Nile Rodgers, Alicia keys, Hans Zimmer, Celeste, Sigala & Ella Eyre, Mica Paris e Diana Ross.

Com ingressos preferenciais para residentes britânicos, turistas e o resto do globo poderão assistir tudo pela TV e internet com transmissão pela BBC. “[A festa] reunirá alguns dos maiores artistas do mundo para comemorar os momentos mais significativos e alegres das sete décadas de reinado da soberana”, diz a monarquia.

Domingo, o último dia do ápice da celebração, será o dia do “Grande Almoço do Jubileu”, que acontece desde 2009. Nesta data a monarquia incentiva que os súditos façam um grande almoço nas ruas do Reino Unido com piqueniques, churrascos e o tradicional chá com bolo.

O dia termina com um grande desfile com 5 mil pessoas na parte de trás do Palácio de Buckingham. “Se combinará arte, teatro, música, circo, carnaval e fantasias, para comemorar o serviço de Sua Majestade e para homenagear o serviço coletivo das pessoas e comunidades por todo o país”, adianta a monarquia.

Já começou?

Sim! Mesmo com as festas mais importantes só em junho, a celebração do jubileu já começou. Membros da família real estão viajando o mundo, principalmente países que fazem parte da Commonwealth, em turnês oficiais.

O príncipe Charles, o primeiro na sucessão do trono, e sua esposa, a duquesa da Cornuália, Camilla Parker, foram ao Canadá e cumpriram uma agenda apertada de eventos. Já o príncipe William, segundo na linha de sucessão, e a duquesa Kate Middleton, sua esposa, estiveram em países do Caribe.

Outras viagens pelo mundo estão programadas para os sucessores da rainha até junho. Antes das festividades, inclusive, Elizabeth II tem viagens agendadas por todo o Reino Unido. Isso se seus problemas de mobilidade permitirem. Nos últimos meses ela tem diminuído as aparições públicas.

Depois de faltar à abertura do parlamento inglês, Sua Majestade compareceu a um evento de cavalos e mostrou o quanto estava feliz e não parou de rir. O espetáculo equestre "A Gallop Through History" contou com 500 cavalos e cerca de 1.300 artistas que fizeram a noite dela valer a pena. O evento está oficialmente nos festejos dos 70 anos de reinado.

A saúde da rainha é motivo de preocupação desde que, em outubro do ano passado, os médicos determinaram repouso e foi anunciado que ela passou uma noite hospitalizada para ser submetida a "exames" que nunca foram explicados.

A partir de julho, três exposições serão abertas em Londres. No Palácio de Buckingham, os salões receberão os primeiros retratos feitos da rainha pela artista Dorothy Wilding. Eles serão apresentados ao lado das joias que ela posou.

Já no Castelo de Windsor, que atualmente é sua residência oficial, os súditos poderão ver o vestido de coroação e manto usados na Abadia de Westminster em 1953. Nos salões do Palácio de Holyroodhouse serão expostas as roupas da rainha dos Jubileus de Prata, Ouro e Diamante.

Só no Reino Unido?

Quem pensa que só que em tem a rainha como monarca poderá comemorar, está enganado. As embaixadas do Reino Unido de todo o mundo prepararam festas especiais para o dia 6 de junho, um dia após o fim dos festejos oficiais em Londres.

No Brasil, a embaixada preparou uma grande recepção nos salões do Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. Um convite em nome do cônsul-geral do Reino Unido no Rio de Janeiro, Anjoum Noorani, foi emitido a pessoas da sociedade, empresários e políticos e com relações com a Bretanha para a comemoração.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos