Jorge de Cambridge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jorge
Príncipe do Reino Unido
Casa Windsor
Nome completo pt: Jorge Alexandre Luís
en: George Alexander Louis
Nascimento 22 de julho de 2013 (8 anos)
  Hospital de St. Mary, Londres, Reino Unido
Pai Guilherme, Duque de Cambridge
Mãe Catherine Middleton
Irmãos Carlota de Cambridge
Luís de Cambridge
Religião Anglicanismo

Jorge Alexandre Luís (em inglês: George Alexander Louis; nascido em Londres, 22 de julho de 2013) é um príncipe do Reino Unido. Ele é o primeiro filho do príncipe Guilherme, Duque de Cambridge e sua esposa Catarina, Duquesa de Cambridge, sendo neto do príncipe Carlos, Príncipe de Gales e da sua primeira esposa, a Diana Spencer, Princesa de Gales, além de bisneto da atual monarca do Reino Unido, Isabel II, e de seu marido, o príncipe Filipe, Duque de Edimburgo. Jorge ocupa a terceira posição na linha de sucessão dos Reinos da Comunidade de Nações, atrás apenas do seu pai e do seu avô, Carlos, Príncipe de Gales.

Ele tem dois irmãos caçulas: a princesa Carlota de Cambridge e o príncipe Luís de Cambridge.

Nascimento[editar | editar código-fonte]

O Príncipe Jorge nos braços de sua mãe enquanto eles deixam o hospital, foi a primeira aparição pública do garoto. Julho, 2013.

Aos três dias do mês de dezembro do ano de 2012, o Palácio de St. James anunciou oficialmente a primeira gravidez de Catarina, Duquesa de Cambridge. O anúncio da gravidez foi acompanhado do anúncio de que a duquesa de Cambridge estava internada por causa de complicações na gravidez. Ela sofreu de hiperêmese gravídica, que é um excesso de vômito e fortes náuseas durante a gestação. Com isso, era necessário que ela recebesse hidratação e tivesse uma alimentação reforçada.[1]

A gravidez foi descrita como o orgulho nacional britânico.[2] Já antes do seu nascimento, jornais como The Washington Post diziam que o herdeiro do trono britânico seria "a criança mais famosa do mundo".[1]

Na manhã do dia 22 de julho de 2013, Catarina deu entrada no Hospital de St. Mary, em Londres, em trabalho de parto.[3] O bebê nasceu às 16h24 no horário local pesando 3,79 quilogramas,[4] segundo um comunicado oficial do Palácio de Buckingham. O parto foi acompanhado por Marcus Setchell, ex-ginecologista da rainha, e pelo seu sucessor, Alan Farthing.[5]

O recém-nascido foi amplamente saudado como um futuro rei na grande maioria dos jornais e revistas britânicas.[6][7] Saudações de 21 tiros anunciaram o nascimento nas capitais de Bermudas[8] e da Nova Zelândia. Os sinos da Abadia de Westminster, onde os pais de Jorge se casaram[9] e onde os monarcas britânicos são coroados[10], e de muitas outras igrejas foram tocados.[11] Cartões postais na Comunidade das Nações foram iluminados em várias cores, especialmente azul para anunciar o nascimento de um menino.[12]

Ocorreram especulações durante a gravidez da Duquesa de Cambridge de que o nascimento de Jorge impulsionaria a economia nacional britânica e aumentaria o sentimento de patriotismo e orgulho nacional.[13] Moedas comemorativas foram emitidas pela Royal Mint e a Royal Canadian Mint, as instituições oficiais de emissão de moedas no Reino Unido e no Canadá, respectivamente, foi a primeira vez em que um nascimento real foi comemorado dessa forma.[14][15] O nascimento do Príncipe Jorge marcou a segunda vez em que três gerações em linha direta de sucessão ao trono viveram ao mesmo tempo, situação que ocorreu pela primeira vez entre 1894 e 1901, nos últimos sete anos do reinado da Rainha Vitória, com o Eduardo, Príncipe de Gales, o Príncipe Jorge, Duque de Iorque, e o Príncipe Eduardo de Iorque.

No dia 24 de julho de 2013, o Palácio de Kensington anunciou oficialmente o nome do herdeiro, Jorge Alexandre Luís, que remete ao rei Jorge VI do Reino Unido, pai da atual rainha Isabel II do Reino Unido. O nome era um dos mais cotados nas casas de apostas britânicas, também um dos mais favoritos entre a população.

Batizado[editar | editar código-fonte]

No dia 23 de outubro de 2013, Jorge foi batizado em comunhão com a Igreja Anglicana na capela do Palácio de St. James. O príncipe teve sete padrinhos.[16]

Jorge foi batizado com água do rio Jordão em uma cerimónia íntima a pedido dos pais, ao contrário das festas reais habituais. Apenas 22 convidados, incluindo a bisavó, a Rainha Isabel II do Reino Unido assistiram a cerimónia.

Além dos pais, irmãos e irmã dos Cambridge, a lista dos "escolhidos" incluiu ainda os sete padrinhos e madrinhas do príncipe, amigos de infância ou da universidade dos pais. Os padrinhos dele são: Oliver Baker (amigo próximo do casal que estudou junto na St. Andrew's University), Emilia Jardine-Paterson (amiga próxima da duquesa), Hugh Grosvenor, 7.º Duque de Westminster (amigo próximo do duque), Jamie Lowther-Pinkerton (ex-secretário particular dos seus pais e amigo próximo do casal), Julia Samuel (amiga próxima do duque), William van Cutsem (amigo próximo do duque) e Zara Tindall (prima do duque).[17]

Sinal de ruptura com a tradição, Zara Tindall, prima em primeiro grau de Guilherme, é a única madrinha pertencente à família real britânica.[18]

Criação[editar | editar código-fonte]

Sendo o primeiro filho do casal, Jorge tem dois irmãos menores: a princesa Carlota de Cambridge e o príncipe Luís de Cambridge. Através do seu pai, pertence de nascimento à família real britânica da Casa de Windsor, sendo também um descendente colateral da aristocrática família Spencer, por ser o primeiro neto de Lady Diana Spencer, Princesa de Gales e bisneto de John Spencer, 8.º Conde Spencer. Ele ainda é um sobrinho-neto do atual Charles Spencer, 9.º Conde Spencer.

Educação escolar[editar | editar código-fonte]

O príncipe começou os seus estudos de educação infantil em 6 de janeiro de 2016 na Westacre Montessori School, escola situada a cerca de 20 minutos de carro do prédio de Anmer Hall (em Norfolk na Inglaterra; próximo de Sandringham House), a casa de campo onde ele mora com seus pais e os irmãos. A Clarence House deu destaque ao fato no site oficial[19] e os Duques de Cambridge divulgaram duas fotos oficiais inéditas para marcar a ocasião.[20]

Em 7 de setembro de 2017, George começou a frequentar a escola Thomas's Batters em Londres. Ele foi ao primeiro dia de aula acompanhado do pai. A mãe, Catarina, Duquesa de Cambridge, não pode acompanhá-lo por causa dos fortes enjoos que sofria devido à terceira gravidez.[21] Assim como o seu pai que era conhecido como Guilherme Gales no colégio, ele não utiliza o seu título de príncipe na escola, mas o ducado de seus pais como sobrenome, sendo referido como Jorge Cambridge.[22]

Aparições públicas[editar | editar código-fonte]

O Príncipe Jorge e Catarina, Duquesa de Cambridge durante a visita oficial de Barack e Michelle Obama ao Reino Unido. 2016.

O príncipe Jorge não costuma participar de eventos oficiais da família real britânica. Os seus pais também procuram evitar expô-lo constantemente na mídia, tendo, inclusive, denunciado o extremo assédio dos fotógrafos na busca de fotos da família.[23]

No entanto, em ocasiões especiais, como seu próprio nascimento e batizado,[24] bem como o nascimento e batizado de sua irmã, fotos costumam ser divulgadas. Houve também uma intensa divulgação sobre o príncipe quando, aos oito meses, pela primeira vez, os pais o levaram para uma viagem ao exterior.[25]

Em março de 2016, ele e a família passaram alguns dias nos Alpes franceses e novas fotos oficiais foram divulgadas.[26] Meses depois, em abril, ele posou com sua bisavó, avô e pai para uma foto comemorativa pelos 90 anos da rainha.[27] Dias depois, ele foi protagonista em uma recepção de seus pais ao presidente Barack Obama.[28]

Em março de 2020, o príncipe Jorge se juntou ao seus irmãos, Carlota e Luís, em um vídeo para aplaudir os trabalhadores de linha de frente durante a pandemia de Covid-19.[29] Em setembro de 2020, as três crianças conheceram David Attenborough, um ambientalista britânico, e o Palácio de Kensington divulgou um vídeo deles fazendo perguntas sobre o meio ambiente para David, Jorge está utilizando a camisa de rugby de sua escola e fala "Olá David Attenborough! Qual animal você acha que será o próximo a ser extinto?"[30] Em dezembro de 2020, Jorge e seus irmãos fizeram a sua primeira aparição em um tapete vermelho ao lado de seus pais enquanto visitavam o London Palladium para assistirem a apresentação de uma pantomima de natal em homenagem e agradecimento aos trabalhadores da linha de frente por seus esforços durante a pandemia.

Em julho de 2021, Jorge e seus pais compareceram à final da UEFA Euro 2020 entre Inglaterra e Itália, no Estádio Wembley em Londres, foi possível ver ele segurando a mão da Duquesa de Cambridge durante a partida e comemorando animadamente com os seus pais.[31] Em outubro de 2021, o Duque de Cambridge e o Príncipe de Gales revelaram que Jorge está começando a perceber alguns aspectos das mudanças climáticas decorrentes dos problemas ambientais, Guilherme revelou que a turma de seu filho coletou lixo das ruas, mas eles encontraram mais lixo no dia seguinte quando fizeram a mesma rota, e Carlos falou em seu documentário COP26: In Your Hands que Jorge está descobrindo as consequências das mudanças climáticas, como tempestades, inundações, secas, incêndios e escassez de alimento.[32][33]

A Clarence House mantém uma página dedicada ao príncipe Jorge no site oficial.[34]

Viagens internacionais[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2014, Jorge fez a sua primeira viagem oficial ao exterior. Ele visitou a Austrália e Nova Zelândia com os pais.[35] Ele também já viajou com os pais e a irmã para o Canadá e Polônia.

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Em 2017, após aparecer em uma foto em pose que alguns chamaram de "afeminada", ele foi chamado de "ícone gay" por uma revista. "Sexualizar uma criança é algo doentio", devolveu o líder do partido Traditional Unionist Voice.[36]

Por outro lado, a possibilidade foi comemorada inclusive por um padre escocês que disse que um príncipe gay melhoraria a igualdade entre os gêneros.[37]

Imagem pública[editar | editar código-fonte]

O efeito Príncipe Jorge[editar | editar código-fonte]

O "Efeito Príncipe Jorge", também conhecido popularmente como "Efeito Bebê Real", é um termo utilizado para descrever um aumento na procura e venda de roupas, acessórios e outros produtos utilizado por Jorge, o garoto foi citado em uma matéria da revista Vogue como responsável por estar mudando o curso da moda infantil.[38] Em 2015, ele foi classificado em 49º lugar na lista dos "50 homens mais bem vestidos da Grã-Bretanha" da GQ.[39] Em 2016, o roupão que ele utilizou para conhecer o então presidente dos Estados Unidos da América Barack Obama se esgotou em minutos na loja após a publicação das imagens de Jorge.[40] Em setembro de 2017, a notícia de que a escola do príncipe havia servido um prato de lentilha verde Le Puy resultou em um aumento nas vendas da leguminosa.[41] Em 2018, Jorge se tornou a pessoa mais jovem a aparecer na lista dos mais bem vestidos da Tatler.[42]

Relações com a mídia[editar | editar código-fonte]

O Duque e a Duquesa de Cambridge tem sido inflexíveis em manter a privacidade dos filhos enquanto eles crescem.[43] Em agosto de 2015, o Palácio de Kensington afirmou que desejava que toda a mídia parasse de tirar fotos não autorizadas de Jorge, dizendo que uma "linha havia sido cruzada" nos métodos dos paparazzi para localizar e fotografar o garoto, incluindo vigiar a família e enviar crianças para trazer Jorge para a vista das câmeras, comprometendo a privacidade e a segurança do garoto que tinha apenas dois anos de idade na época.[44]

Títulos, honras e homenagens[editar | editar código-fonte]

  • 22 de julho de 2013 - presente: "Sua Alteza Real, príncipe Jorge de Cambridge"

Com o seu nascimento, o bebê recebeu o título de príncipe do Reino Unido e o tratamento de "Sua Alteza Real".[45] Deve ser tratado oficialmente pelo título de "Sua Alteza Real, Príncipe George de Cambridge". Todos os filhos e filhas nascidos do Duque e da Duquesa de Cambridge se beneficiarão do tratamento de "Sua Alteza Real" e o título de "Príncipe" ou "Princesa" do Reino Unido. Anteriormente, tal privilégio era reservado apenas ao filho mais velho do primogênito do soberano, mas a rainha Isabel II do Reino Unido modificou esta regra no final de 2012 por meio de uma carta-patente.[46]

Por ocasião de seu batizado, Jorge recebeu a sua primeira homenagem oficial: uma moeda em ouro e prata onde se lia "Para celebrar o batizado do Príncipe Jorge de Cambridge".


Os pais, os duques de Cambridge, enquanto Catarina estava grávida.
Boletim oficial com anúncio do nascimento em frente ao Palácio de Buckingham.
Fonte da Trafalgar Square iluminada em azul para anunciar que o bebê nasceu como menino.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Nasce filho de Kate Middleton e do príncipe William» (html). EGO. 22 de julho de 2013. Consultado em 22 de julho de 2013 
  2. «Campaign launched to show national pride». Bradford Telegraph and Argus (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2021 
  3. «Nasce primeiro filho de Kate Middleton e príncipe William». Contigo!. 22 de julho de 2013. Consultado em 22 de julho de 2013. Arquivado do original em 26 de julho de 2013 
  4. «Nasce o filho de Kate Middleton e do príncipe William, um menino!» (html). Estrelando. 22 de julho de 2013. Consultado em 22 de julho de 2013 
  5. «Royal baby: Kate gives birth to boy» (em inglês). BBC. 22 de julho de 2013. Consultado em 22 de julho de 2013 
  6. Malkin, Bonnie; Johnson, Daniel (23 de julho de 2013). «Royal baby: What the British papers said» (em inglês) 
  7. «A Future Monarch is Born» [Nasce um Futuro Monarca]. The Times (em inglês). 23 de julho de 2013 
  8. «Royal Baby Born, 21 Gun Salute». Bernews (em inglês). 22 de julho de 2013. Bermuda Regiment fired a 21 gun salute at 6.30pm this evening at Albouys Point 
  9. «The wedding of Prince William and Miss Catherine Middleton» [O casamento de Príncipe William e a senhorita Catherine Middleton]. Royal (em inglês). On Friday 29 April 2011 at 11 o'clock HRH Prince William of Wales and Miss Catherine Middleton were married in Westminster Abbey. 
  10. «Coronations». Westminster Abbey (em inglês). Westminster Abbey has been Britain’s coronation church since 1066. From William the Conqueror through to Queen Elizabeth II, all except two monarchs have been crowned in the Abbey. 
  11. «The birth of HRH Prince George Alexander Louis of Cambridge» [O nascimento de Sua Alteza Real o Príncipe Jorge Alexandre Luís de Cambridge] (em inglês) 
  12. Waldie, Paul (12 de julho de 2013). «Around the world, the countdown is on for the royal baby». The Globe and Mail (em inglês). Toronto's CN Tower will light up in pink or blue in honour of the birth, depending on whether the baby is a boy or a girl. Niagara Falls is following suit and in New Zealand, 20 landmarks, including Auckland's Sky Tower and Hamilton's Victoria Bridge, will be flashing blue or pink as well. 
  13. «Brits to spend £243m celebrating birth of Royal baby» [Os britânicos vão gastar 273 milhões de libras comemorando o nascimento do bebê real]. The Telegraph (em inglês). 17 de junho de 2013 
  14. Low, Valentine (26 de julho de 2013). «Royal Mint strikes lucky with prince's name». The Times (em inglês). It is the first time a coin has been struck by the Mint to mark a royal birth. 
  15. «Governor General unveils coins commemorating birth of Prince George». CTV News (em inglês). 8 de agosto de 2013. Governor General David Johnston unveiled collector coins commemorating the birth of Prince George of Cambridge Thursday. 
  16. «EGO - Casal real sobre o batizado do príncipe George: 'Bastante animados'». Globo.com. 23 de outubro de 2013. Consultado em 23 de outubro de 2013 
  17. «Prince William's inner social circle - who are his most trusted friends?». HELLO! (em inglês). 27 de março de 2019. Consultado em 26 de janeiro de 2021 
  18. SAPO. «Pesquisa por: expresso sapo». SAPO. Consultado em 26 de janeiro de 2021 
  19. «Prince George nursery announcement». www.princeofwales.gov.uk. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  20. «O primeiro dia de creche do príncipe George». Caras. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  21. «Acompanhado do pai, príncipe George vai para a escola pela primeira vez». Folha de S.Paulo. 7 de setembro de 2017. Consultado em 8 de abril de 2021 
  22. Stacey, Danielle. «What Prince George and Princess Charlotte are known as at school» (em inglês). The siblings are known simply as George Cambridge and Charlotte Cambridge to their school friends, in a nod to their parents' titles. This was also the case for Prince William and Prince Harry, who took on Prince Charles' title Wales as their surname at school. 
  23. «Príncipe William denuncia assédio dos paparazzi a seu filho». Mundo. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  24. «Batizado do príncipe George: A chegada do bebé real à capela». Caras. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  25. «Príncipe George rouba protagonismo aos pais, William e Kate». Caras. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  26. «William e Kate: Todas as fotos das férias na neve com os filhos». Caras. Consultado em 3 de maio de 2016 
  27. «Príncipe George protagonista da fotografia que assinala 90.º aniversário da rainha Isabel II». Caras. Consultado em 3 de maio de 2016 
  28. «Príncipe George conhece Barack e Michelle Obama de pijama». Caras. Consultado em 3 de maio de 2016 
  29. Henderson, Sidney (26 de março de 2020). «Prince George, Princess Charlotte, Prince Louis clap for health care workers in sweet video» [Príncipe Jorge, Princesa Carlota, Príncipe Luís aplaudem trabalhadores da área da saúde em doce vídeo]. USA Today (em inglês). Queen Elizabeth II and her great-grandchildren, Prince George, Princess Charlotte and Prince Louis, joined an online round of applause from home to honor the doctors, nurses and caretakers putting their lives on the line to combat COVID-19. 
  30. «Royal children quiz Sir David Attenborough» (em inglês). 3 de outubro de 2020 
  31. «The seven-year-old looked jubilant as he celebrated England's first goal of the match» 
  32. Everett, Flic (14 de outubro de 2021). «Prince William: It would be a 'disaster' if George is repeating climate change conversation in 30 years». Yahoo (em inglês). 'George has been doing litter picking at school, and was confused and annoyed' William explained that his son's class at Thomas's Battersea 'went out litter picking and the next day they did the same route and he couldn't understand how it was all back again the next day, and where it was coming from!' 
  33. «Prince Charles makes endearing comment about Prince George's interest in climate change». Hello Magazine (em inglês). I'm old enough to have a grandson. Like you, he is learning how climate change is causing the big storms, and floods, the droughts, fires, and food shortages we are seeing around the world. 
  34. «Prince George». www.dukeandduchessofcambridge.org. Consultado em 22 de janeiro de 2016 
  35. «Kate, William e príncipe George iniciam viagem pela Austrália». Mundo. 16 de abril de 2014 
  36. Bazaraa, Danya (11 de agosto de 2017). «Article about Prince George as 'a gay icon' sparks row». mirror 
  37. «Padre escocês pede orações para que o príncipe George seja gay». G1 
  38. Thompson, Isobel (29 de julho de 2017). «'The Prince George Effect': How a 4-year-old royal is changing the course of children's fashion» [‘O Efeito Príncipe Jorge’: Como um membro da realeza de 4 anos de idade está mudando o curso da moda infantil]. Vogue (em inglês). On his fourth birthday, Vogue takes a look at the young prince’s enormous selling power – as well as his impact on children’s clothing styles across the globe. 
  39. «50 Best Dressed Men in Britain 2015». GQ. Already following in the footsteps of his great-great-great-uncle, Edward VIII, and his grandfather, the Prince of Wales, Prince George looks set to become the UK's best-dressed man. 
  40. Uria, Daniel. «Prince George's $39 robe from Obama meeting sold out in minutes» [Roupão de 39 dólares do Príncipe Jorge para encontro com Obama se esgota em minutos] (em inglês) 
  41. Sage, Adam. «Prince George connection drives demand for French lentils» (em inglês) 
  42. «Prince George joins Meghan and Kate on Tatler best-dressed list». Sky News. The young prince, now five, was noted for his "Christopher Robin chic", making the list alongside the Queen, Meghan and Kate. 
  43. «Prince George and Princess Charlotte in Canada play day». BBC (em inglês). 29 de setembro de 2016. William and Kate are determined their children grow up in private and not in public. 
  44. «Prince George 'being harassed by paparazzi'». BBC (em inglês). 14 de agosto de 2015. Paparazzi harassment of Prince George has increased and photographers' tactics are becoming increasingly dangerous, Kensington Palace has said. / The palace has issued an appeal to world media not to publish unauthorised images of the two-year-old. / Some paparazzi had gone to 'extreme lengths' to take pictures and 'a line has been crossed', the palace said. 
  45. «Nasce primeiro filho de Kate Middleton e príncipe William». Contigo!. 22 de julho de 2013. Consultado em 22 de julho de 2013. Arquivado do original em 26 de julho de 2013 
  46. «Bebê real receberá o título de príncipe ou princesa» (html). Terra. 9 de Julho de 2013. Consultado em 22 de julho de 2013 
  47. «George Mountbatten-Windsor (son of Prince William, Duke of Cambridge) > Ancestors». RoyaList. Consultado em 22 de julho de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons

Precedido por
Guilherme, Duque de Cambridge
Linha de sucessão ao trono britânico
3.º
Sucedido por
Carlota de Cambridge